Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 18 de Setembro de 2020

Sidrolândia

IBGE projeta queda de 6.92% na área plantada de soja em Sidrolândia e produção de 619 mil toneladas

Com base numa produtividade de 48 sacas por hectare, projeta-se uma produção de 619.200 toneladas.

Flávio Paes/Região News

10 de Novembro de 2019 - 21:10

IBGE projeta queda de 6.92% na área plantada de soja em Sidrolândia e produção de 619 mil toneladas

Se confirmado o prognóstico do IBGE, Sidrolândia registrou redução de 6,92% na área plantada de soja neste ano para ser colhida no primeiro trimestre de 2020, que voltou ao patamar da safra 2017. Pelo levantamento, nesta safra serão cultivados 215 mil hectares, redução de 16 mil hectares sobre os 231 mil hectares do ano passado.

O produtor rural Paulo Stefanello, coloca em dúvida esta projeção, acredita até mesmo em incremento na área plantada. Ele mesmo, aumentou de 3 mil para 3.500 a área plantada na sua propriedade. “A estiagem atrasou o plantio, mas não ao ponto de comprometer a intenção de plantio”.

Com base numa produtividade de 48 sacas por hectare, projeta-se uma produção de 619.200 toneladas, ante as 693.506,85 toneladas deste ano. Os técnicos fizeram projeções pessimistas de produtividade, em relação ao que se obteve há dois anos (63 sacas por hectare) e abaixo da média estadual (52,19).

Neste ano, Sidrolândia registrou queda de 23,63% na produtividade (de 65,38 sacas para 49,43 sacas por hectare), que resultou em redução de 18,22% na produção (de 848.094,61 toneladas em 2017/2018 para 693.506,85). De qualquer forma, nos últimos 8 anos, Sidrolândia tem registrado sucessivos incrementos de área plantada que quase dobrou no período, saltou de 125.400 hectares em 2011 para mais 231 mil hectares ano passado.

Atraso

No âmbito estadual estima-se aumento de 6,18% da área plantada, passando de 2,979 milhões para 3,163 milhões de hectares. É aguardado um aumento de 12,57% em relação à expectativa do volume de produção de grãos (de 8,800 milhões de toneladas na safra 2018/2019 para 9,906 milhões de toneladas na safra 2019/2020). A produtividade para a próxima safra está estimada em 52,19 sacas por hectare.

O plantio continua atrasado em Mato Grosso do Sul, com 49,5% da safra 2019/20 plantado. O percentual está 37,5% atrás da safra passada no mesmo período do ano e preocupa produtores e entidades em relação ao milho safrinha, que começa a ser plantado após a colheita da soja.

Os números do Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) mostram que a região sul do Estado está com o plantio mais avançado, em média 50,6%, enquanto a região centro-oeste está com 50% e a região norte com 44,9% de média. A área plantada até o momento soma 1,565 milhão de hectares.

De acordo com o Cemtec/MS (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul) há previsão de mudanças no tempo ainda nesta semana.

“A expectativa é de que as chuvas iniciem a regularidade a partir desta semana e mantendo o padrão das chuvas até pelo menos o fim da primeira quinzena de novembro. Para o mês de novembro, espera-se acumulados de chuvas acima da média para todas as regiões de Mato Grosso do Sul", afirma Franciane Rodrigues, coordenadora do Cemtec/MS.