Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 17 de Agosto de 2022

Sidrolândia

Luxemburgo: o coração da Europa

Luxemburgo é um lugar diferente que merece uma atenção especial.

Assessoria KNN

05 de Agosto de 2022 - 08:42

Luxemburgo: o coração da Europa

Apesar de ser um dos menores países do mundo, Luxemburgo é um lugar diferente que merece uma atenção especial. Além dos seus vinhedos super premiados e dos seus sistemas de túneis subterrâneos, há muitas coisas incríveis nesse pequeno lugar da Europa.

Por isso, aqui vai uma pequena lista de fatos interessantes sobre esse pequeno gigante do velho continente.

Um lugar com três línguas oficiais

Luxemburgueses são tipicamente trilíngues, afinal, o seu país tem três idiomas oficiais: Francês, Alemão e Luxemburguês (que é extremamente parecido do ponto de vista gramático com a língua germânica). Os habitantes de Luxemburgo são ensinados desde crianças a conviver e dominar essas três línguas, começando pelo Luxemburguês, indo para o alemão no colegial e passando pelo Francês durante o ensino médio.

Sendo os dois últimos, os mais utilizados em serviços gerais e administrativos, já a língua mãe do país é mais usada nas conversas do dia a dia.

Quase metade de toda a população é formada por imigrantes

Dos 525 mil habitantes do país, cerca de 43% é composto por pessoas de fora do país. Luxemburgo tem uma das maiores populações de estrangeiros de todos os países europeus, sendo lar de cerca de 170 nacionalidades diferentes, sendo os portugueses o maior demográfico, representando quase 15% desse grupo.

A capital de Luxemburgo é reconhecida duas vezes como a Capital Cultural da Europa

Reconhecida por inúmeros prêmios da UNESCO, com destaque para os títulos de Capital Cultural de 1995 e 2007, a capital de Luxemburgo é lar de inúmeros artistas importantíssimos do circuito europeu, com destaque para os pintores Theo Kerg, Joseph Kutter e Michel Majerus, assim como o requisitado fotógrafo Edward Steichen.

Castelos para dar e vender…

Luxemburgo tem uma paixão quase visceral por fortificações, châteaux e castelos das mais variadas maneiras. Alguns infelizmente são apenas ruínas, mas boa parte dos que ainda estão de pé servem como residências de luxo, que felizmente podem ser visitados pelo público. 

PS: Existe uma estimativa de que o país conta com mais de cem castelos, incrível, não?

O transporte público é grátis

Uma das informações mais maravilhosas para quem está pronto para se aventurar e turistar por Luxemburgo, é que ele é o primeiro país do mundo a oferecer transporte público por todo país de forma gratuita.

Desde o dia primeiro de março de 2020, os ônibus, trens e bondes são gratuitos. Porém, viagens além das fronteiras com os países vizinhos (como Alemanha, Bélgica e França) ainda cobram uma pequena taxa.

O último Grão-Ducado do planeta

Depois da derrota de Napoleão em 1815, o Congresso de Viena transformou Luxemburgo em um Grão-Ducado, que nada mais é do que um território ou estado que é comandado por um Grão-Duque. Sendo que o nome oficial do país é oficialmente: Grão-Ducado de Luxemburgo, que tem como seu governante o Grão-Duque Henrique, que assumiu o trono em outubro de 2000.

Aprender sobre outros países transforma nossa forma de ver a realidade, né? E para te aproximar do melhor que os sonhos podem oferecer, a KNN idiomas tem um curso que facilita o seu contato com as melhores oportunidades do mundo.

Matricule-se já na KNN

📞Ligue: (67)9 9211-1753

📲Endereço: Rua Rio Grande do Norte, 67 - Centro