Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Abril de 2021

Sidrolândia

Março fecha com número recorde de mortes e abril já tem o 1º óbito

Março fechou com uma estatística trágica e de longe como o mais letal desde o início da pandemia.

Flávio Paes/Região News

01 de Abril de 2021 - 09:43

Março fecha com número recorde de mortes e abril já tem o 1º óbito
Março fechou com uma estatística trágica e de longe como o mais letal desde o início da pandemia. Foto: G1

O mês de abril mal começou e já foi registrada a primeira morte por Covid-19 em Sidrolândia, a segunda da semana. A 78ª vítima que morreu em decorrência de complicações provocadas pelo novo coronavírus, foi uma idosa de 67 anos que estava internada no Hospital Elmíria Silvério Barbosa desde domingo.

Março fechou com uma estatística trágica e de longe como o mais letal desde o início da pandemia. Foram 40 mortes, o que corresponde a 51% dos óbitos desde o inicio da pandemia. O número de casos também explodiu, 1.079, só superado pelo mês de agosto, com 1.201 casos, período de pico da primeira onda de contaminação.

Sidrolândia está na bandeira cinza, risco extremo para a contaminação, com recomendação da Secretaria Estadual de Saúde de restrição das atividades econômicas. Hoje a cidade acumula 4.001 casos positivos (3.553 pessoas estão curadas), há 525 pacientes em quarentena e 135 casos em investigação.