Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Moradores do Pindorama recebem título de propriedade após anos de espera

As matrículas são gratuitas, desde que os moradores atendam aos requisitos estabelecidos na lei n° 13.465/2017.

Redação/Região News

25 de Junho de 2020 - 14:30

Moradores do Pindorama recebem título de propriedade após anos de espera

Após mais de uma década de espera, os 129 moradores do Jardim Pindorama, conjunto habitacional construído pelo Governo Estado, receberam o título de propriedade.

A solenidade de entrega foi realizada com horário marcado com grupos pequenos de pessoas nesta terça-feira (23) e quarta-feira (24), atendendo as recomendações de prevenção contra o Coronavírus.

Em parceria com a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), além dessa entrega, 117 títulos já foram entregues nos bairros Cascatinha II e Pé de Cedro.

 “Hoje foi um dia de conquista, eu já tinha perdido as esperanças, mas Graças a Deus agora tenho a certeza de que a casa é minha”, disse a moradora Isabel Cristina que vive no bairro há 12 anos.

Jorge Amaral também recebeu a documentação e falou da alegria em receber o título de proprietário do imóvel. “Há muito tempo a gente vem lutando pela casa própria, essa luta não é fácil pra ninguém. Mas agora estou tranquilo sabendo que o imóvel é meu por direito”.

As matrículas são gratuitas, desde que os moradores atendam aos requisitos estabelecidos na lei n° 13.465/2017. A renda familiar não pode ultrapassar cinco salários mínimos, a pessoa não pode possuir imóvel e não ter sido beneficiada pela regularização fundiária urbana ou rural.

O primeiro passo para a regularização é o levantamento georeferencial. Depois disso uma equipe da Agehab fará o levantamento das famílias e a coleta de documentos necessários.

Marcelo Ascoli, prefeito de Sidrolândia agradeceu sua equipe pelo trabalho e o suporte técnico da Agehab. “Foi um trabalho feito de porta em porta, de conversa com as famílias e coleta de documentos que garantiu o sucesso do projeto. Também agradeço à Agehab que nos deu condições técnicas e legais, apoiando e sendo atores nessa iniciativa “, finalizou o prefeito.