Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 20 de Setembro de 2021

Sidrolândia

Na reta final, Enelvo eleva tom do discurso e cabos eleitorais cobram pagamento

No início da noite a Polícia Militar foi chamada para conter um tumulto de cabos eleitorais no seu comitê no Bairro São Bento.

Flávio Paes/Região News

11 de Junho de 2021 - 20:17

Na reta final, Enelvo eleva tom do discurso e cabos eleitorais cobram pagamento
Momento da discussão entre David e cabo eleitoral. Foto: Divulgação

O candidato do PSDB a Prefeitura de Sidrolândia, Enelvo Felini, teve uma sexta-feira, antevéspera da eleição, que começou turbulenta com ele atrás na pesquisa do Novo Ibrape registrada na Justiça Eleitoral, elevou o tom dos ataques a adversária e cabos eleitorais cobraram pagamento.  No início da noite a Polícia Militar foi chamada para conter um tumulto de cabos eleitorais no seu comitê no Bairro São Bento.

O grupo foi lá pra cobrar pagamentos e a coisa por pouco não descambou para uma briga generalizada após o ex-vereador David Olindo xingar uma moradora da vizinhança que começou a gritar palavras de ordem para que todos fossem pagos. O filho dela não gostou do que ouviu e partiu pra cima de David e foi necessária a intervenção de outras pessoas para evitar o confronto físico.

Por telefone, o candidato do PSDB, Enelvo Felini, garantiu que nenhuma das pessoas que estão trabalhando na campanha não vão receber. "Já fui candidato 10 vezes e em todas as campanhas honrei com os compromissos", garantiu durante entrevista ao RN.

Segundo o coordenador da campanha, Zotti, a confusão foi gerada por informações mentirosas (os chamados fake news) espalhadas por integrantes da campanha adversária de que os cabos eleitorais seriam vítimas de calote.