Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Sidrolândia

Neste sábado, dia 'D" contra Covid-19 terá vacinação na UPA e no Che Guevara

Assessoria de Imprensa

25 de Setembro de 2021 - 07:37

Neste sábado, dia 'D" contra Covid-19 terá vacinação na UPA e no Che Guevara
Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde vai oferecer neste sábado (25), vacinação contra Covid-19 na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e na Escola Municipal João Batista no Assentamento Che Guevara, núcleo Eldorado. A imunização deste sábado faz parte da estratégia do dia "D" contra Covid-19, que a Secretaria Estadual de Saúde promove para reduzir o estoque de vacina disponível e ampliar o índice de cobertura.

Na UPA haverá distribuição de senhas até às 10 horas. O atendimento será das 07h30 às 10h30. Será oferecida a 1ª dose Pfizer para quem tiver acima de 12 anos; a segunda dose da Astrazeneca para todos que tomaram a 1ª dose até 23 de julho. Também vai estar disponível a segunda dose da Pfizer para quem tem mais de 18 anos e tomou a 1ª dose até 03 de setembro.

Poderão concluir a imunização os adolescentes que tomaram a 1ª dose há pelo menos 12 semanas. A população de 60 anos ou mais que tomou a 2ª dose há 4 meses poderá tomar a 3ª dose, além de quem tem imunossupressão e que recebeu a 2ª dose há mais de 28 dias.

A mesma programação será em seguida na Escola João Batista. O atendimento começará as 8h30. É necessário levar CPF, comprovante de residência e da 1ª e 2ª dose. Os adolescentes terão de estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Equipe volante

A Secretaria Municipal de Saúde mantém uma equipe volante para vacinar em casa  idosos com dificuldades de locomoção. No sábado passado a equipe foi à região do Bafo da Onça, Assentamento Eldorado, onde aplicou 30  doses. Nesta sexta-feira (24) esteve no Assentamento Flórida onde aplicou 284 doses, sendo 28 da 1ª dose; 92 da segunda; 152 da 3ª dose e 12 doses e adolescentes.

Os moradores gostaram do atendimento perto de casa, porque dispensou o deslocamento até a centro para tomar a vacina. Dona Amanda Rodrigues, por exemplo, disse que o serviço domiciliar a facilita dos assentados. Ela aproveitou para tomar a segunda dose.

Já o trabalhador rural Natanael José de Oliveira achou importante porque não precisou perder dia de serviço para ir  na cidade. O idoso Ailton José Nascimento, 73 anos, que tomou a terceira dose,  também elogiou a iniciativa e agora se sente mais seguro para voltar a sua rotina. Ele lembra como tristeza a perda de dois amigos, vítimas da Covid-19.

Até agora, conforme a última atualização do vacinômetro em Sidrolândia, 31.159 pessoas tomaram uma dose, 72,45% da população adulta e 25 225 estão imunizados (58,70%) estão imunizados. Já tomaram a 1ª dose, 3.129 adolescentes (58,63% dos 5.347 habitantes que tem entre 12 e 17 anos). Já tomaram a 3ª dose, 2.033 idosos, 39% do público-alvo