Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 6 de Julho de 2022

Sidrolândia

No “Prefeitura no Campo”, prefeita anuncia trator novo para o assentamento São Pedro

Em ação nesta manhã (18/05) do “Prefeitura no Campo”, no retiro da Agrovila do Assentamento São Pedro.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura

18 de Maio de 2022 - 14:22

No “Prefeitura no Campo”, prefeita anuncia trator novo para o assentamento São Pedro
Foto: Rafael Brites.

Em ação nesta manhã (18/05) do “Prefeitura no Campo”, no retiro da Agrovila do Assentamento São Pedro, a prefeita Vanda Camilo anunciou que será destinado um trator novo 85 CV para a Associação dos Produtores de Leite do PA São Pedro. O veículo, no valor de R$ 170 mil, é de emenda da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, deputado federal, Vander Loubet, e do Governo do Estado.

Para o assentado João Renato da Silva, morador do lote 121, a iniciativa da Prefeitura estar indo até o campo para ouvir as demandas dos moradores traz o sentimento de notabilidade. “Este é um ato muito bonito e importante, eu me sinto gratificante e feliz, porque nós do sítio somos sofridos e às vezes as pessoas não dão valor pra (sic) gente”, informa.

O assentado Francisco de Melo, do lote 109, relata já algumas melhorias feitas no São Pedro. “Aqui está indo bem, as estradas estão melhores e tudo tá (sic) melhor pra nós”.

Como parte do cronograma do “Prefeitura no Campo”, a comitiva da prefeita, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Antônio Galdino, vai ouvir ainda hoje os moradores do Capão Bonito II, lote do Alaore Teixeira, às 15h, e fecha a agenda às 17h na Agrovila do Assentamento Capão Bonito I.

Na terça-feira passada, 10 de maio, a ação foi realizada nos assentamentos Estrela, Barra Nova e Valinhos, este sendo o local da zona rural mais longínquo do município. No Estrela, a prefeita anunciou medidas de apoio aos pequenos produtores e de fomento à agricultura familiar, além da distribuição de 2 toneladas de calcário para os moradores do Valinhos, que vão garantir a correção dos lotes de 28 famílias que terão condições de ampliar a área de produção, ter melhor resultado com o cultivo de hortaliças, mandioca e gado leiteiro.