Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 30 de Setembro de 2020

Sidrolândia

"Órfão" do PSD, Partido dos Trabalhadores adia convenção para 4ª e acena com candidatura própria

Flávio Paes/Região News

13 de Setembro de 2020 - 21:18

 Jean Nazareth e Zeca do PT. Foto: Divulgação

Ainda se recuperando do impacto da decisão do prefeito Marcelo Ascoli (PSD) que desistiu da reeleição, o PT agora se movimenta para lançar candidatura própria. Com o aval do ex-governador Zeca do PT, a principal liderança petista no Estado, o vereador Jean Nazareth garante trocar a candidatura a reeleição na Câmara para disputar a Prefeitura.

Jean descarta a possibilidade do partido se engajar num projeto de candidatura própria do PSD, encabeçada pelo ex-vereador Ademir Osiro. "Sou candidato a prefeito. Espero o apoio dele e do grupo político do prefeito", comenta. Jean, que pretendia emplacar a esposa, professora Tamara Nazareth, para compor a chapa do prefeito como candidata a vice, decidiu rever seus planos.

Com Marcelo fora da disputa, Jean acredita que uma chapa encabeçada pelo PT seria competitiva. "Num cenário de disputa pulverizada como o que se apresenta, quem ganhar a eleição terá em torno de 25% dos votos válidos. Com a força petista nos assentamentos, que representam um bom colégio eleitoral, mais os resultados da gestão, em termos de obras, valorização do servidor público, temos chances de vitória", comenta.

Zeca do PT se diz disposto a se engajar no projeto do partido em Sidrolândia, caso a militância petista decida por uma candidatura própria. “Temos uma relação muito estreita com os assentamentos, as comunidades indígenas. O companheiro Jean terá sem dúvida, o apoio de todas as lideranças de nosso partido”, comentou o ex-governador.