Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 19 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Paratleta sidrolandense conquista três medalhas em competição do Comitê paraolímpico Brasileiro

Peterson Lacerda compete na categoria F57 e trouxe a medalha de ouro no lançamento de disco, atingindo a marca de 27,51m.

Gildo Tavares/Região News

04 de Fevereiro de 2020 - 15:43

Paratleta sidrolandense conquista três medalhas em competição do Comitê paraolímpico Brasileiro

Competindo na categoria F57, Peterson Lacerda conquistou três medalhas no Regional Centro-Leste do Circuito Brasil Loterias Caixa de atletismo e natação. A competição marcou o início do calendário 2020 do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), que aconteceu em Brasília-DF entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro.

Peterson que representa a Associação Supera Sidrolandense de Pessoa com Deficiência (Assiped), conquistou o primeiro lugar no lançamento de disco, onde alcançou a marca de 27,51 m, segundo lugar no lançamento de dardo e ficou em terceiro lugar no lançamento de peso.

Participando da competição há 10 anos, Peterson disse que a cada ano que participa, ganha experiência e com isso, os resultados aparecem. "Cada ano é um aprendizado diferente. Sempre tem uma experiência nova. No ano passado estava muito confiante para ganhar o lançamento de disco, fiquei em último, neste ano aprendi com os erros e voltei com a medalha de ouro", falou.

Circuito Brasil

O Circuito Brasil é composto por quatro fases regionais e duas nacionais. Segundo o CPB, o objetivo é desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidade para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país, a partir dos 14 anos.

Os atletas que alcançarem os índices estabelecidos pelo departamento técnico do CPB nas etapas regionais (Centro-Leste, Rio-Sul, São Paulo e Norte-Nordeste) garantem participação nas fases nacionais do Circuito, que ocorrem no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, maior complexo paradesportivo da América Latina, em São Paulo-SP.

Supera

A Associação Supera Sidrolandense de Pessoa com Deficiência (Assiped), é uma instituição sem fins lucrativos que há três anos orienta e facilita a vida dos deficientes e familiares em todos os setores, Saúde, Educação, Esporte, Cultura, Assistência social, Jurídica e Inclusão.

O vice-presidente da instituição, Adavilton J. S. Brandão, disse que a Supera presta serviços de fisioterapia, assistência social além de ajudar as famílias. Os próximos passos é disponibilizar um psicólogo e um nutricionista para as pessoas atendias no local.

Confira a Galeria de Imagens: