Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 23 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Por iniciativa de corretor, pé de jabuticaba plantado há 40 anos será replantado em Avenida

A árvore foi planada por Abílio Sebastião Ramos, hoje com 85 anos, em 1980.

Gildo Tavares/Região News

31 de Março de 2020 - 13:10

O ano era 1980, a hoje Avenida Antero Lemes era apenas um trieiro que levava até a escola que havia nas proximidades. A então Vila Sapé, hoje Vila Jandaia, tinha poucas casas, onde os moradores alternavam o tempo em seus afazeres nas chácaras e casas que haviam na região e nas horas de descanso confraternizavam com a família, geralmente embaixo de uma boa sombra, para contar histórias e tomar tereré ou chimarrão.

Foi neste ambiente longínquo, que o aquidauanense, Abílio Sebastião Ramos, hoje com 85 anos, depois de oito anos morando nas terras desbravadas pelo catarinense Sidrônio Antunes de Andrade, resolveu plantar um pé de jabuticaba para reunir a família em momentos de lazer. Abílio e a família viram Sidrolândia se desenvolver na sombra do pé de jabuticaba.

Foram muitas rodadas de tereré, de chimarrão e também muitas festas, onde a família e os amigos se confraternizavam, em um local privilegiado da cidade, de onde observavam o progresso chegar e a rotina pacata da Vila Sapé se modificar com o passar dos anos.

O progresso chegou cada vez mais próximo da casa de Abílio. Hoje, a Vila Jandaia é um importante bairro de Sidrolândia, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), fica próxima da casa, que no ano de 1972, Abílio decidiu morar com sua família, onde havia apenas mais quatro residências na redondeza.

O corretor imobiliário e construtor, Evaldo Ferreira, o "Evaldinho", como é conhecido, que vai erguer no local uma residência para o seu tio (seu Abílio), decidiu preservar a história e por sua iniciativa, resolveu buscar junto aos órgãos de controle (Secretaria de Meio Ambiente), autorização para replantar a árvore num espaço público; o canteiro central da Avenida Avenida Antero Lemes.

“Este pé de jabuticaba é uma relíquia para nós", contou seu Abílio ao lado do sobrinho, Evaldo Ferreira, em baixo do pé de jabuticaba (foto). "Por causa da obra, tivemos que tirar daqui e para não perder, não cortá-lo de vez, resolvemos arrancar ele ‘com carinho’ e plantar ali, na avenida”, disse Abílio, que ficou aliviado com a boa notícia.

“Estava bastante chateado, por que o pé de jabuticaba seria derrubado, mas meu sobrinho, que vai fazer a obra conseguiu uma autorização para plantar ele em outro local, isso foi muito bom”, disse Abílio. Uma equipe trabalhou desde a manhã desta segunda-feira, 30 de março, para retirar a árvore onde foi plantada há 40 anos.