Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 28 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Prefeito atende empresários e flexibiliza decreto para setores do comércio voltar a funcionar a partir de segunda-feira

Funcionários do grupo risco (grávidas, hipertensos, diabéticos), serão dispensados do trabalho.

Flávio Paes/Região News

26 de Março de 2020 - 17:10

A partir da próxima segunda-feira, setores do comércio de Sidrolândia voltarão a funcionar, com o compromisso dos empresários de controlar a entrada de clientes, para evitar aglomerações, reforçar a higienização dos ambientes, além de disponibilizar álcool em gel na entrada das lojas. Um novo decreto da quarentena será publicado com a regras.

O prefeito Marcelo Ascoli resolveu atender a reivindicação da Associação Empresarial (AESIDRO) após receber um documento, assinado pelo presidente da entidade, Mário Arruda e ouvir as ponderações de uma delegação de empresários. Preocupado com o fator econômico, o prefeito decidiu rever pontos do decreto da quarentena que prevê o funcionamento do comércio a partir do dia 15 abril.

O temor dos comerciantes é que um período longo de portas fechadas, muitos lojistas fossem obrigados a demitir funcionários, teriam dificuldades para pagar fornecedores, aluguel e outras obrigações. O prefeito recomendou que os empresários evitassem aglomerações, respeitasse o toque de recolher, fechando os estabelecimentos no máximo até às 19h30.

“Nosso objetivo não é criar pânico e nem medidas exageradas que possam prejudicar o comerciante. Todos os dias tomamos decisões a cerca do problema chamado coronavírus porque obviamente, é um fato novo e estamos aprendendo a lidar com esta situação”, comentou o prefeito durante reunião com os empresários. Nas lojas com maior número de funcionários, será adotado o sistema de rodízios, com duas turmas de trabalhadores.

Funcionários do grupo risco (grávidas, hipertensos, diabéticos), serão dispensados do trabalho. Empresas no seguimento de bares e casas noturnos continuam com as atividades suspensas. Em breve mais detalhes sobre o funcionamento do comércio.