Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 24 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Prefeito decide não publicar decreto editado hoje e mantém toque de recolher a partir das 20 horas

O prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, desistiu de mudar o período do toque de recolher em vigor desde o último dia 20 de março. O prefeito determinou a sua assessoria a suspensão do decreto elaborado

Flávio Paes/Região News

07 de Abril de 2020 - 17:27

Prefeito decide não publicar decreto editado hoje e mantém toque de recolher a partir das 20 horas

O prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, desistiu de mudar o período do toque de recolher em vigor desde o último dia 20 de março. O prefeito determinou a sua assessoria a suspensão do decreto elaborado pela Procuradoria que mudava das 20 para às 22 horas o início do toque de recolher, mesmo critério adotado por exemplo, em Campo Grande. Portanto, prevalece a regra aplicada até aqui: das 20 horas até às 4 horas da manhã do dia seguinte.

O recuo do prefeito frustrou vários segmentos do comércio, principalmente o setor de alimentação. O retardamento do toque de recolhe beneficiaria também os supermercados, que poderiam funcionar duas horas a mais, às 21h30, ao invés das 19h30 como é agora. O Região News divulgou a mudança do toque de recolher com base do decreto, que acabou abortado, a que a reportagem deve acesso.

Uma fonte ouvida pela reportagem no final da tarde, comentou que o prefeito decidiu manter as medidas para evitar que o vírus se espalhe, evitando o contagio. Segue trecho do Artigo 37 do decreto 087/2020 que seria publicado amanhã, quarta-feira, no Diário Oficial dos municípios.