Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Janeiro de 2021

Sidrolândia

Prefeitura planeja criar centro de pediatria para concentrar atendimento a crianças

Flávio Paes/Região News

08 de Janeiro de 2021 - 09:53

Secretário de Saúde, Renato Couto e prefeita Vanda Camilo. Foto: Marcos Tomé/RN

Ao mesmo tempo em que busca recompor o quadro de médicos, para garantir o funcionamento integral de todas as unidades básicas de saúde (dois postos ainda estão sem oferecer consultas), a prefeita em exercício Vanda Camilo, trabalha na viabilização de alguns projetos mais estruturantes.

Uma destas iniciativas é a implantação de um Centro de Pediatria, que provavelmente vai funcionar no CEM (Centro de Especialidades Médicas), para concentrar o atendimento de crianças, hoje disperso entre a UPA e os postos, conforme a lotação do especialista.

A ideia é concentrar os 4 pediatras da rede e mais 2, que devem ser contratados para atendimento diário das crianças pela manhã e a tarde. O ex-prefeito Marcelo Ascoli foi remanejado da UBSF do Malvinas para o CEM, onde está atendendo pela manhã e à tarde.

“Desta forma queremos evitar que a mães precisem madrugar em frente dos postos em busca de atendimento nos postos. Elas saberão onde procurar e quais horários”, explica o secretário Renato Couto.

Outra iniciativa que a nova gestão pretende implementar como inovação, é o disque-saúde. Inicialmente pensou-se na proposta de criar um serviço de transporte 24 horas para trazer cadeirantes e outras pessoas que tem dificuldade de locomoção, para atendimento das unidades de saúde. Como já há o SAMU e o Corpo de Bombeiros para atender emergências, a ideia evoluiu.

“Vamos montar uma central de atendimento onde a pessoa vai ligar para ter informações sobre onde está disponível determinado tipo de atendimento, os horários em que há pediatra, por exemplo”, explica o secretário. Quem precisa de medicamento de uso contínuo e que tem saúde precária, o remédio será entregue em casa.