Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Produtores iniciam colheita e Sindicato pede reparos em pontos críticos das estradas

A colheita começou na semana passada em algumas regiões e a partir desta segunda-feira às colheitadeiras vão literalmente "invadir" as lavouras.

Redação/Região News

09 de Fevereiro de 2020 - 21:04

Produtores iniciam colheita e Sindicato pede reparos em pontos críticos das estradas

Com a perspectiva de uma grande safra empurrada pela produtividade que pode passar das 60 sacas de soja por hectare, a preocupação dos produtores de Sidrolândia é com a precária situação das estradas, com vários pontos de atolamento, o que pode comprometer o escoamento da produção.

A colheita começou na semana passada em algumas regiões e a partir desta segunda-feira às colheitadeiras vão literalmente "invadir" as lavouras. Na semana passada um grupo de produtores da região do Capão Bonito esteve na Prefeitura para cobrar a elevação do gread e cascalhamento de um travessão de 25 km, principal acesso a estrada da Gameleira e por aí se chega a MS-258, no Capão Seco.

O novo presidente do Sindicato Rural, Paulo Stefanello, esteve com o prefeito Marcelo Ascoli, para reivindicar uma manutenção em pontos críticos das principais estradas de produção. “Como tem chovido, não é possível fazer uma ação", comenta Stefanello, que sugeriu ao prefeito que terceirize a manutenção, porque o custo é menor e maior a eficiência em termos de resultado.

Ele calcula que se metade da receita mensal do Fundersul, em torno de R$ 110 mil, for destinada especificamente para as estradas rurais, a manutenção da malha viária vai melhorar bastante.

Os produtores da região do Capão Bonito estão na expectativa da chegada das máquinas da Agesul. Na semana passada um engenheiro da Agência Estadual de Empreendimento esteve na região fazendo um levantamento. A promessa é de que o serviço seja iniciado tão logo haja uma janela de estiagem. Serão deslocadas para Sidrolândia as maquinas que hoje estão em Nova Alvorada do Sul.