Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Saúde deixa 40 pessoas em quarentena e faz teste em 8 no Distrito do Quebra Coco após morte por Covid-19

Ao menos 60 pessoas foram identificadas no distrito, distante 35 km de Sidrolândia.

Flávio Paes/Região News

12 de Junho de 2020 - 21:45

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde passaram a quinta-feira no Distrito de Quebra Coco onde rastrearam e localizaram 60 pessoas que nos últimos dias tiveram contato com a idosa Cícera Aparecida. Ela morreu no domingo a noite e testou positivo para Covid-19.

Do grupo localizado pela Saúde, 40 pessoas ficarão em quarentena domiciliar, entre elas, 8 foram testadas. Um dos que fizeram o teste foi o irmão de dona Cícera, o Frei Júnior, pároco da Igreja Nossa Senhora da Abadia. O religioso, ao contrário do que havia sido noticiado anteriomente, de que estaria com febre, informou ao RN que esta bem, não apresenta nenhum sintoma da Covid-19 e só solicitou a Saúde fazer a testagem, por prevenção.

Como se trata do primeiro caso de transmissão comunitária (a idosa não viajou para regiões de alta incidência da doença e não teve contato com quem está doente) desde a confirmação do resultado positivo a Saúde está trabalhando numa estratégia de bloqueio epidemiológico.

Já se apurou por exemplo, que na sexta-feira dois dias antes da sua morte, dona Cícera esteve no posto de saúde do distrito, onde havia mais de 20 pessoas que foram em busca de atendimento médico.

No sábado ela e outros familiares participaram da festa de aniversário de uma sobrinha. Recentemente também esteve na comemoração do aniversário da mãe, que tem mais de 80 anos. Por conta da sua atividade em que trabalhava (vendia roupas) circulava pelo distrito de casa em casa, oferecendo seus produtos, além das confraternizações em que esteve nos últimos dias, muita gente teve contato com ela.

Em discussão com as áreas de Saúde, Defesa Civil, Segurança, medidas como a instalação de barreira sanitária na entrada do distrito, além de medidas restritivas de aglomerações e circulação de pessoas, devem ser adotadas na próxima semana.

O atual secretário de Saúde, Jesiel Ratier, informou que só vai se manifestar por meio de nota oficial, mas conforme apurou o RN, na reunião de ontem a noite do Comitê de combate ao coronavírus, as pautas que envolvem bloqueio de trânsito, só serão colocada em prática se houver o aval da Policia Militar de Trânsito, porquê a corporação terá de acompanhar as barreiras sanitárias.