Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 20 de Abril de 2021

Sidrolândia

Saúde planeja instalar Drive-thru na UPA para vacinação e testagem

Flávio Paes/RN

01 de Março de 2021 - 07:00

Saúde planeja instalar Drive-thru na UPA para vacinação e testagem
UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sidrolândia. Foto: Divulgação 

Na expectativa da chegada da 5ª remessa de vacina (estão previstas mais 644 doses) nesta semana, está no planejamento da Secretaria Municipal de Saúde de Sidrolândia a instalação de uma tenda em frente da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para fazer vacinação e testagem do Covid-19 no sistema Drive- thru. 

A prefeita Vanda Camilo (PP) pediu apoio do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, para que o Estado forneça uma tenda e determinou a aquisição de 4 mil testes rápidos para testagem de todos aqueles que forem ser vacinados. Com esta testagem, somados aos 7.938 que já fizeram serão, quase 12 mil sidrolandenses (20% do total da população) submetidos ao teste rápido da Covid-19.

O objetivo é criar um formato, já adotado em várias cidades, que facilite o acesso à vacina, sem o risco de aglomeração. As pessoas não precisam nem descer do carro para receber a vacina. 

O Dri-thru está sendo planejado porque a partir das próximas remessas de vacina, a faixa etária será reduzida, com a imunização abrangendo a população acima de 78 anos. Por enquanto o foco é atender além dos indígenas que já tem as doses necessárias, atingir mais de 80% de cobertura de quem tem acima de 80 anos. Até sábado 56% destes idosos já tinham sido vacinados e os trabalhadores em saúde, 66% já foram imunizados.

Do 1.510 terena, com mais de 18 anos, residentes em Sidrolândia, 1.398 foram vacinados (92%). Com esta nova remessa, será possível atende todos os idosos com mais de 80 anos e os trabalhadores da saúde. Sidrolândia já recebeu 4.083 doses de vacina e imunizou 2.226 pessoas, destas, 1.346 já receberam a segunda dose, ou seja, no total já foram usadas 3.572 vacinas. Há dificuldade de chegar aos idosos residentes na zona rural e no grupo indígena, 112 terena, ainda sequer receberam a primeira dose, normalmente são evangélicos, que resistem a serem imunizados por temerem possíveis efeitos colaterais do imunizante. Conforme o boletim deste domingo da Secretaria de Saúde, até agora foram registrados 2.913 casos de Covid-19 em Sidrolândia, com 2.743 pacientes curados (94% curados) e 37 óbitos.