Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 19 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Sidrolândia recebe nesta quinta-feira Atacarejo do Grupo Abevê, o Leve +

Num evento programado para às 8 horas, será inaugurado o Leve +, o atacarejo do Grupo Abevê de Supermercados.

Flávio Paes/Região News

20 de Novembro de 2019 - 16:45

Sidrolândia recebe nesta quinta-feira Atacarejo do Grupo Abevê, o Leve +

A partir desta quinta-feira (21) o consumidor passa a ter uma nova opção para suas compras. Num evento programado para às 8 horas, será inaugurado o Leve +, o atacarejo do Grupo Abevê de Supermercados, a quarta loja do grupo neste formato.

A loja, na Avenida Dorvalino dos Santos esquina com a Rua Nioaque, tem 4.200 metros quadrados de área construída, com estacionamento para 60 veículos. Vai funcionar de segunda a sexta-feira das 7 às 21 horas, domingos, sábados e feriados, das 7 às 18 horas.

O empreendimento, resultado da parceria do Grupo Abevê com o empresário Jair do Nascimento, exigiu investimento de R$ 14 milhões. O atacarejo terá 80 funcionários e terá como um dos diferenciais, um cartão de bandeira própria com prazo de 40 dias para o pagamento.

O que é atacarejo?

O atacarejo é um neologismo que designa uma forma de comércio que reúne atributos de duas formas tradicionais de comercialização: o atacado e o varejo, com os conceitos de self-service (autosserviço) e de cash & carry (pague e leve). A expressão atacarejo foi muito usada em 2015 e 2016, período no qual houve um aumento da busca desse canal de compra.

Segundo a consultoria Kantar Worldpanel, isso aconteceu principalmente porque os consumidores encontraram ali uma forma de gerar economia em suas compras. Entre os primeiros semestres de 2015 e 2016, mais de 2,5 milhões de lares passaram a buscar os atacarejos.

Entre os motivos encontrados pela consultoria Kantar para tal movimento dos compradores estavam a acessibilidade para todos os bolsos (classes A/B tinham o mesmo tíquete médio das classes D/E no atacarejo); a versatilidade, já que os atacarejos atendiam diversos tipos de família, inclusive as menores (95% do crescimento do canal é via itens unitários e não por pacotes fechados); e a forte presença em todo o território nacional e não apenas em regiões específicas.

Confira a Galeria de Imagens: