Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Novembro de 2020

Sidrolândia

Sobreviventes de acidente no Quebra Coco passaram por exames e estão em áreas diferentes do Pronto Socorro

Alexia Lima de Carvalho, de 19 anos e Kleber de Oliveira, de 29 anos, foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros.

Flávio Paes/Região News

14 de Junho de 2020 - 15:30

Sobreviventes de acidente no Quebra Coco passaram por exames e estão em áreas diferentes do Pronto Socorro

Os dois jovens, Alexia Lima Carvalho, 19 anos e Kleber de Oliveira, 19 anos, sobreviventes do acidente registrado na MS-162, saída para Quebra Coco, em que três pessoas morreram, passaram por uma bateria de exames e estão em áreas diferentes do Pronto Socorro da Santa Casa de Campo Grande.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Alexia está na área vermelha do pronto-socorro em atendimento de urgência e emergência. Segue consciente, orientada e estável no momento. Realizou exames laboratoriais, tomografia de tórax, tomografia de crânio, tomografia de face, tomografia de coluna, tomografia de abdômen, raio-x de perna direita e raio-x de tórax. Está sob acompanhamento da especialidade bucomaxilofacial. Aguarda avaliação das especialidades de Cirurgia Geral, Neurocirurgia e Ortopedia.

Já Kleber de Oliveira, está na área verde do pronto-socorro, consciente. Realizou exames laboratoriais e fará tomografia de tórax, tomografia de crânio, tomografia de face, tomografia de coluna, tomografia de abdômen, raio-x de ombro esquerdo, de tórax e das pernas. Aguarda avaliação das especialidades de Cirurgia Geral, Neurocirurgia, Ortopedia e Bucomaxilofacial.

O acidente

Três jovens entre 18 e 22 anos, morreram no acidente na MS-162, perto do acesso às aldeias da Reserva Buriti, na saída para Quebra Coco. Flávia Eduarda de Lima, 22 anos, Bruna Letícia de Lima Paim, 18 anos e Victor Eduardo Zendona Rocha, 20 anos, viajavam na Parati branca, placa HQQ-6599, junto com outras duas pessoas que ficaram feridas e estão internadas na Santa Casa.

Conforme informações preliminares, o motorista da Parati, seguia para a chácara da família, possivelmente no Assentamento Flórida, quando na altura do acesso às aldeias perdeu o controle do veículo que saiu da pista e bateu de frente com um manchão de terra existente às margens deste trecho da estrada onde fica o acesso as aldeias, além de propriedades rurais.

*Matéria atualizada às 18h35 para acréscimo de informações.