Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 24 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Trabalhadores da Seara enfrentam fila para sacar 13º no Banco do Brasil

O saguão da agência está lotado, com filas extensas, onde além dos funcionários, se juntam os demais clientes do banco.

Flávio Paes/Região News

20 de Dezembro de 2019 - 09:09

Trabalhadores da Seara enfrentam fila para sacar 13º no Banco do Brasil

Os funcionários do Frigorífico JBS, estão demorando em torno de 40 minutos para conseguir sacar a segunda parcela do 13º nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil. Dos 10 caixas automáticos disponíveis na agência, só três estão funcionando e em um terminal, o saque está limitado a R$ 50,00 por operação.

Os trabalhadores evitam usar os caixas eletrônicos 24 horas para escapar do pagamento de taxas que é cobrada em operações nestes terminais de múltiplas plataformas. O saguão da agência está lotado, com filas extensas, onde além dos funcionários, se juntam os demais clientes do banco.

Uma funcionária entrevistada pelo RN na manhã de hoje, sugeriu que a agência bancária instale na portaria de acesso a JBS, um caixa eletrônico, já que a empresa tem mais de 2 mil funcionários e todos recebem pelo Banco do Brasil. “Seria uma forma de facilitar nossa vida. Em dias de pagamento, por exemplo, a gente perde uma manhã vindo efetuar o saque”, argumenta.

Na Capital, por exemplo, o Bradesco instalou no Paço Municipal, um posto bancário só para atender os funcionários municipais.

*Matéria atualizada para acréscimo de informações.