Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 6 de Julho de 2022

Sidrolândia

Vereador diagnosticado com câncer no sistema linfático se diz curado da doença

Desde março de 2020, quando foi diagnosticado com a doença, vereador Sandro Luiz Gonzales vem sendo submetido aos protocolos do tratamento.

Marcos Tomé/Região News

23 de Maio de 2022 - 15:38

Vereador diagnosticado com câncer no sistema linfático se diz curado da doença
Sandro teve o corpo tomado por nódulos e tumores malignos. Foto: Arquivo Pessoal

O vereador Sandro Luiz Gonzales, de 41 anos, que vinha tratando um câncer no sistema linfático, se diz curado da doença após passar por transplante de medula óssea e dezenas de sessões de quimioterapia. Desde março de 2020, quando foi diagnosticado com a doença, vem sendo submetido aos protocolos do tratamento.

Segundo Sandro, em meados de 2021, atravessou o momento mais tenso no tratamento da doença quando seu corpo foi tomado por nódulos e tumores malignos. “Não conseguia dormir. Em vários pontos do meu corpo saíram tumores do tamanho de uma laranja”, relata.

Para dormir, se reclamava numa cadeira em decorrência dos tumores nas costas, ombros e axilas. “Todos que são diagnosticados com qualquer tipo de doença cancerígena, questiona Deus. Comigo não foi diferente! Por muitas vezes questionei as razões de estar passando por esta terrível doença”, comenta.

Vereador diagnosticado com câncer no sistema linfático se diz curado da doença
Vereador Sandro Luiz Gonzales, de 41 anos

Em sua avaliação, tais adversidades lhe mostraram um horizonte da vida que antes não enxergava. “Quero viver cada minuto. Respeito mais a vida. Dou valor as pequenas coisas, pequenos gestos e tudo isto me aproximou infinitamente de Deus. Sinto a presença dele em casa novo amanhecer, no sorriso de minhas filhas, na união da minha família”, revela.

Apesar do diagnóstico da doença, o profissional de educação física não deixou se abater. Durante todo o tratamento continuou seu ritmo de treinos, que só era interrompido em dias de quimioterapia em decorrência dos efeitos colaterais do tratamento químico.

Pai de duas filhas; Ana Beatriz e Ayla Lueni (7 e 16 anos respectivamente), o personal trainer se diz curado. “Graças a Deus, depois de um novo Pet-Scan, exame capaz de diagnosticar e acompanhar a presença e a progressão de 20 tipos de doenças, entre as quais, diversos tipos de câncer, tive a confirmação de que não há em meu organismo a presença de células cancerígenas”, comemora.

Assista na integra a entrevista concedida ao RN.