Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Abastecer no Paraguai deixa de ser interessante para motoristas de MS

Em Ponta Porã, o litro do etanol varia entre R$ 2, 10 a R$ 2,39 e do outro lado da linha internacional sai por R$ 2,50.

Campo Grande News

14 de Dezembro de 2012 - 07:50

Abastecer no Paraguai já não é um bom negócio para os turistas brasileiros que fazem compra em Pedro Juan Caballero. Se por um lado os preços praticados no comércio do país vizinho são atrativos, por outro a gasolina, etanol e o óleo diesel do lado brasileiro podem ser encontrados por uma diferença que chega a quase setenta centavos mais baratos.

Segundo o último levantamento de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo) divulgado hoje, a gasolina, por exemplo, pode ser encontrada por até R$ 2,80 no Brasil e do outro lado da linha internacional o mesmo combustível sai por R$ 2,90.

Em Ponta Porã, o litro do etanol varia entre R$ 2, 10 a R$ 2,39 e do outro lado da linha internacional sai por R$ 2,50.

A maior diferença de preços é no óleo diesel, combustível caminhões, caminhonetes e utilitários esportivos. De acordo com a ANP, o diesel varia de R$ 2,28 a R$ 2,40, enquanto nos postos paraguaios o mesmo combustível é encontrado por R$ 2,97. A diferença pode passar dos R$ 50, no caso de uma caminhonete com tanque de 74 litros.

Para o diretor do Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes de Mato Grosso do Sul), Marcos Villalba, a diferença de preços tem atraído o consumidor, além da qualidade dos produtos oferecidos. “No Brasil a pessoa tem um combustível de mais segurança”, lembrou.

Segundo o dirigente, as constantes fiscalizações da ANP tem garantido uma qualidade maior do combustível brasileiro nos postos e nas distribuidoras, o que não ocorre quando se abastece nos países vizinhos.