Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Abate de gado ilhado no Paraguai é oportunidade em Porto Murtinho

Segundo ele, o pedido de agilidade para o início do abate no município, partiu dos próprios paraguaios, por meio da Associação de Criadores do Chaco.

Correio do Estado

09 de Julho de 2014 - 08:32

Reportagem na edição de hoje (09) do jornal Correio do Estado, mostra que desfecho para o abate do gado paraguaio ilhado na região de Porto Murtinho (distante 381 Km da Capital) passou a ser uma necessidade, sob risco de morte de reses. Além de ser uma salvação para os animais, a medida deve ainda aquecer a economia local, com o retorno da atividade do único frigorífico que atualmente está fechado, por questões trabalhistas.

 “A ideia de abater o gado paraguaio aqui surgiu por interesse econômico antes mesmo da enchente, mas agora passou a ser uma necessidade dos fazendeiros”, afirma o prefeito Heitor Miranda dos Santos.

Segundo ele, o pedido de agilidade para o início do abate no município, partiu dos próprios paraguaios, por meio da Associação de Criadores do Chaco. Porém, a permissão para o Estado receber o gado do outro lado da fronteira, ainda depende de aval do Governo Federal.