Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Sidrolandia

Acusado de tentar matar ex-mulher e suposto namorado dela é condenado há mais de 19 anos de prisão

Foi fixada em 10 anos, 6 meses e 20 dias, a pena referente ao homicídio na forma tentativa contra Rafael e em 8 anos e 4 meses, a pena referente a tentativa de homicídio contra Aline.

Flávio Paes/Região News

08 de Fevereiro de 2017 - 15:46

Num julgamento concorrido que se estendeu por quase sete horas, atraindo muita gente ao plenário do Tribunal do Júri do Fórum de Sidrolândia, Marcos Luiz Helmann de Alcântara, foi condenado a 19 anos e 20 dias de prisão em regime fechado.

O corpo de jurados, integrado por 7 mulheres, considerou Marcos duplamente culpado por ter tentado matar em 31 de janeiro do ano passado, sua ex-mulher Aline de Oliveira Souza e Rafael Gustavo Martinez. Foi fixada em 10 anos, 6 meses e 20 dias, a pena referente ao homicídio na forma tentativa contra Rafael e em 8 anos e 4 meses, a pena referente a tentativa de homicídio contra Aline.

A defesa, comandada pelo advogado David Moura de Olindo, conseguiu derrubar a tese do Ministério Público de duplo homicídio de forma tentada, demonstrando que no caso da agressão a Aline, Marcos não tinha intenção de matá-la. Com isto, a pena do réu caiu de 16 para pouco mais de 8 anos.

Prevaleceu à tese sustentada pela defesa que a jovem foi atingida pelos golpes de faca na barriga ao tentar separar Marcos e Rafael, que entraram em vias de fato. “Se quisesse matá-la, o teria feito no dia anterior, quando dormiram juntos”, lembrou Olindo. 

A sessão do tribunal do júri começou as 8h30 e terminou por volta das 15h30. Marcos aguardava o julgamento preso porque a Justiça rejeitou os pedidos de revogação da sua prisão preventiva. No último dia 7 de dezembro, o juiz Marcelo Andrade Campos, negou o pedido de habeas corpus.

O magistrado entendeu que embora o réu tenha bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita, o acusado teria de ser mantido preso porque fugiu após a dupla tentativa de homicídio, além de ter importunado uma das vítimas (a sua ex-mulher Aline), considerando também a forma como os delitos foram praticados.