Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Sidrolandia

Apesar de "ano difícil", Azambuja faz balanço positivo e diz que governo resistiu à crise

Governador publicou vídeo em sua página no Facebook.

Midiamax

23 de Dezembro de 2016 - 15:19

O governador Reinaldo Azambuja publicou hoje (23) em sua conta no Facebook, um vídeo de feliz natal aos sul-mato-grossenses, e de quebra, fez um balanço do seu segundo ano de governo no Estado de Mato Grosso do Sul. O destaque ficou para a crise econômica, apontada como a principal dificuldade para fechar as contas neste anos, e alertou que 2017 o Estado pode enfrentar desafios ainda maiores.

Em 2016, os estados brasileiros, em sua maioria, enfrentaram dificuldades para cobrir a folha de pagamento, e para dar conta do 13º, os gestores tiveram que fazer uma ginástica nas contas públicas. Em Mato Grosso Sul, embora sem atraso, Azambuja admitiu que o ano foi de dificuldades e para conseguir dar conta das obrigações a solução foi cortar gastos.

“Reduzimos as secretarias, enxugamos o tamanho do Estado, cortamos despesas onde foi possível, combatemos desperdícios, porque tivemos a coragem de fazer tudo isso estamos sobrevivendo melhor que os outros estados. Conseguimos manter os salários em dia, e pagamos integralmente o 13º”

Com o enxugamento do governo, resultado da crise econômica e de governabilidade, Azambuja também lembrou da reprovação que seu governo recebeu ao longo do ano. “Críticas aconteceram e eu recebi naturalmente, porque fazem parte da democracia, mas fizemos a nossa parte”, avaliou.

Para o próximo ano, o governador disse que apesar da crise pode ser ainda mais dura. “A gente já sabe que temos pela frente desafios enormes em 2017, que são nacionais, e dificuldades talvez ainda maiores do que as que vencemos até aqui. Vamos seguir em frente com a mesma coragem, mesma responsabilidade e boa fé”.