Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 9 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Após denúncias município poderá ter uma terceira eleição

As denúncias chegaram no último dia 11 de julho de 2013, no cartório eleitoral da Comarca de Costa Rica.

Diário MS

15 de Julho de 2013 - 14:32

O Município de Figueirão poderá ter nova eleição, a terceira. A denúncia desta vez é que poderá ter havido uma suposta compra de votos de Neilo Cunha (PMDB). As denúncias chegaram no último dia 11 de julho de 2013, no cartório eleitoral da Comarca de Costa Rica.

Comarca responsável por realizar a eleição no Município de Figueirão, Neilo Cunha (PMDB) poderá ser acusado de compra de votos através de doação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e reforma de residência.

“Fui pego de surpresa com a notícia sobre uma terceira eleição no município de Figueirão, fui à cidade três vezes para apoiar o candidato do PTB professor Juvenal. No meu ponto de vista deve-se investigar a fundo, e apurar o que de fato aconteceu, e se realmente houve a compra de votos que os culpados sejam punidos. Eu acredito na justiça, e que está seja acatada na cidade de Figueirão, cidade de pessoas idôneos, e se for necessário trabalharemos novamente para mais uma eleição, eu acredito no professor Juvenal, acredito no seu caráter, ergueremos a cabeça e trabalharemos de novo se for preciso”, explica o presidente do PTB estadual Ivan Louzada.