Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Após pedido em vídeo, Munhoz e Mariano fazem a festa em escola de Campo Grande

Quem teve a ideia do convite em vídeo foi o aluno Leonis Aquino Espíndola, de 19 anos. “Eu queria ser igual a ele”, comenta, apontando para Munhoz. “Eles estão aqui porque eu mandei o primeiro vídeo

Campo Grande News

21 de Agosto de 2014 - 15:27

Com “Amo, amo, amo! Munhoz e Mariano!”, os alunos da Juliano Varela receberam no início da tarde de hoje a dupla sertaneja de Campo Grande. Vestindo a camiseta da escola que atende crianças e jovens com Síndrome de Down, os dois até fizeram um pequeno show, com coro animado.

No dia 2 de agosto, alguns alunos gravaram um vídeo pedindo a visita e a oportunidade de cantar com a dupla. “Minha mãe viu, me mostrou e eu disse para o Mariano não marcar nada nesta quinta para a gente poder visitar eles. Viemos com orgulho”, diz Mariano.

Quem teve a ideia do convite em vídeo foi o aluno Leonis Aquino Espíndola, de 19 anos. “Eu queria ser igual a ele”, comenta, apontando para Munhoz. “Eles estão aqui porque eu mandei o primeiro vídeo”, comemorava.

Na fila para o autógrafos, todos já iam cantando e dançando um dos hits da dupla. Luis Henrique Ortega, de 20 anos, assumiu a condição de fã número 1. “São pessoas humildes, são anjos de Deus”, justifica.

Para a festa ficar completa, os dois cantaram Camaro Amarelo, A Bela e a Fera e o Casamento do João. “É só uma hora, uma hora e meia da nossa rotina, em uma coisa simples e gratificante. Hoje vou pra casa me sentindo muito melhor”, resume Munhoz.

Os alunos retribuíram o carinho com uma apresentação da banda da escola.

O evento de hoje foi organizado pela revista Negócios MS. No dia da gravação do vídeo com o convite à dupla, houve almoço beneficente para levantar dinheiro para construção da sede própria da Juliano Varela, com R$ 6.410,00 arrecadados. “Ontem eles ligaram e marcaram de vir”, lembra a diretora da revista, Sabrina Nakao.

Munhoz e Mariano anunciaram que em breve vão lançar projeto com uma série de ações sociais e o start será em Campo Grande, como forma de apoiar instituições que dependem de doações.