Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Após tragédia, deputado anuncia audiência sobre violências nas escolas

A iniciativa é em função do assassinato da estudante Luana Vieira Gregório, 15 anos, que foi esfaqueado em frente à Escola Estadual José Ferreira Barbosa, no dia 11 deste mês.

Campo Grande News

18 de Setembro de 2013 - 13:44

O deputado estadual Cabo Almi (PT) anunciou hoje durante a sessão no legislativo a realização de uma audiência pública sobre violência nas escolas. O evento foi marcado para o dia 21 de outubro, e terá a participação de representantes da segurança pública e das escolas estaduais. A iniciativa é em função do assassinato da estudante Luana Vieira Gregório, 15 anos, que foi esfaqueado em frente à Escola Estadual José Ferreira Barbosa, no dia 11 deste mês.

“Iremos nos reunir para discutir soluções em relação a este problema, assim como vamos cobrar para que haja uma presença maior de policiais nas intermediações das escolas, para que haja o mínimo de segurança”, destacou ele.

De acordo com o petista, antigamente existiam policiais inativos que faziam a vigilância nas escolas, mas agora ficou a cargo dos agentes patrimoniais. “Houve esta mudança, mas não queremos voltar atrás e sim pedir uma presença maior dos policiais, principalmente nas escolas da periferia”, argumentou Almi.

A deputada estadual Mara Caseira (PT do B) também concordou com o colega, dizendo que nas escolas com maior número de alunos, a atuação policial precisa ser mais ativa. “Poderiam evitar tragédias como esta”, ponderou. Caseiro também destacou que outras políticas de incentivo a cultura e a paz nas escolas devem ser feitas para gerar “conscientização” tanto aos alunos como aos pais. “Não é apenas fiscalizar e sim mudar estes atos”, completou ela.