Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Apreensões lotam pátio do Detran

Dourados Agora

22 de Dezembro de 2010 - 10:34

As operações policiais de fim de ano estão lotando o pátio da Agência de Trânsito de Dourados. Ao todo, são 700 veículos sem previsão de deixar as duas áreas do Detran, que já estão lotadas.

De acordo com dados da Guarda Municipal, a operação realizada em conjunto com a Vara da Infância, Polícia Militar e Instituto do Meio Ambiente, apreendeu somente nos últimos 4 finais de semana, 77 veículos e realizou 190 notificações diversas. Somente no último sábado e domingo, 21 veículos foram recolhidos. Destes, 7 são carros e 14 motos.

Outras 17 pessoas foram presas por dirigir embriagadas. De acordo com o diretor de operações da GM, Jonecir dos Santos Ferreira, as operações nos finais de semana atendem uma solicitação da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, para coibir a perturbação de sossego. Por causa disso outras infrações flagradas estão sendo encaminhadas aos devidos órgãos competentes.

A maioria das ocorrências está relacionada a documentação atrasada, embriaguez no volante, perturbação e ausência de CNH. De acordo com o gerente do Detran de Dourados Aparecido Dias Duarte, os pátios estão lotados. Isto porque segundo ele, além das apreensões, vários entraves contribuem para que os veículos só cheguem mas demorem a sair. Prova disso são carros que estão no local há mais de 14 anos. O primeiro dos problemas é que a maioria dos carros está registrado em nome de terceiros. “O condutor que comprou um carro usado e que não fez a transferência não pode retirar o veículo.

Isso só pode ser feito pela pessoa no qual o carro está registrado ou através de procuração”, destaca.A localização é difícil, segundo Aparecido, porque geralmente as informações contidas na documentação do carro já não conferem como o endereço do antigo dono. Segundo ele, este ano o volume de veículos no Detran já aumentou em média 40%, resultado das blitz e do alto con-sumo dos últimos tempos. Conforme Aparecido, são 140 veículos apreendidos no pátio do Detran nos últimos meses.

Fato que chama a atenção, segundo Aparecido é a comodidade de alguns condutores. “Eles sabem que vão pagar no máximo 30 dias de diária, já que o projeto pátio verde dá esta oportunidade e alguns acabam não se preocupando em se regularizar”, disse. O número de motos apreendidas também chamam a atenção. Mais de 500 estão no pátio. As alterações no escape-mento lideram as apreensões. TRANSFERÊNCIAS

As transferências de última hora geram filas quilométricas na vistoria. Cada condutor está levando em média 1 hora para ser atendido. Somente neste setor, são mais de 500 atendimentos diários. Para Aparecido, a demora está relacionada ao aumento exorbitante nos últimos dias.

Segundo o gerente esta realidade acontece em todo o país. “Com a chegada dos feriados de fim de ano e 13º salário, as pessoas querem viajar e colocar tudo em dia, mas em cima da hora, o que é um agravante e gera dor de cabeça para os interessados”, conta.

Por causa disso, o Detran separou os atendimentos particulares do despachante. Para evitar os transtornos Aparecido recomenda que o condutor não deixe para a última hora e regularize a documentação o quanto antes para evitar proble-mas no final do ano. O atendimento no Detran é das 7h30 às 13h, mas o melhor horário para a procura é a partir das 12h. Fato preocupante é que a frota de veículos em Dourados cresce rapidamente. Segundo o Detran são 97 mil registrados. Porém, acredita-se que circulem hoje cerca de 130 mil, com condutores da região.