Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Arceno viabiliza 200 toneladas de calcário para produtores de Glória de Dourados

Demerval Nogueira

25 de Fevereiro de 2011 - 08:33

Arceno viabiliza 200 toneladas de calcário para produtores de Glória de Dourados
Foto: Demerval Nogueira/Regi

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Seds) de Glória de Dourados disponibiliza cerca de 200 toneladas de calcário aos produtores rurais do município, principalmente aqueles que se enquadram na Lei Federal nº. 11.326, de 24 de julho de 2006, que dispõe sobre a Agricultura Familiar (AF).

Glória de Dourados assemelha-se ao referido sistema produtivo, com inúmeras centenas de trabalhadores que produzem de forma diversificada. A chamada Agricultura Familiar é constituída por pequenos e médios agricultores que representam à imensa maioria de produtores rurais em nosso país.

No atendimento à demanda, a Seds repassa a tonelada de calcário aos produtores gloriadouradenses, a preço de custo e ainda se responsabiliza pelo transporte do produto até o destino final.

O secretário municipal da Seds, Magner de Paula Maninho Ribeiro faz questão de frisar o trabalho realizado pela Prefeitura através da Seds. “Nosso objetivo é atender aos agricultores do município, com a entrega do produto diretamente na propriedade a preço de custo e sem ônus para o produtor, com referência ao transporte, prestando desta forma o seu apoio irrestrito a todos aqueles que produzem”, descreve Maninho.

Nestes mais de dois anos da administração do prefeito Arceno Athas Júnior, a Prefeitura tem repassado calcário para a devida correção do Potencial Hidrogeniônico, mais conhecido como pH, que consiste num índice que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade do solo, tendo em vista que o município dispõe do seu potencial territorial, com predominância arenosa, favorecendo substancialmente a acidez do solo.

O PH indica se o solo é o não fértil, ou seja, se o local é apropriado para o cultivo de lavouras ou outros tipos de plantas. Para o cultivo da agricultura, o valor do pH ideal fica entre 5,5 a 5,8. O pH do solo pode variar de conformidade com a sua composição, no caso rochas, concentração de sais, metais, ácidos, bases e substâncias orgânicas que são adicionadas no seu preparo para o plantio. O valor de pH de um solo pode ser modificado através do uso de substâncias alcalinas, exemplificando, o calcário.