Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Ari Artuzi foi à prefeitura para receber R$ 320

Fui pra lá para buscar o dinheiro. Não tenho 13º e férias e estou devendo R$ 120 mil para os bancos”, afirmou.

Campo Grande News

05 de Janeiro de 2011 - 15:12

Acusado de crimes milionários, Ari Artuzi voltou na manhã de hoje à prefeitura de Dourados para receber R$ 320,94 o último dinheiro que tinha para receber de salário do tempo em que foi prefeito. Ele diz estar atolado em dívidas.

“Fui pra lá para buscar o dinheiro. Não tenho 13º e férias e estou devendo R$ 120 mil para os bancos”, afirmou.

Durante o período em que ficou preso, apenas o salário de setembro havia sido depositado em juízo, por conta da prisão dele, mas o montante já foi liberado para o ex-prefeito. O mesmo aconteceu com o pagamento do então vice, Carlinhos Cantor.

O valor bruto dom vencimento de prefeito em Dourados é de R$ 13.804,56, já o do vice é de R$ 9.663,19, de acordo com o procurador da prefeitura Sérgio Henrique.

Ajuda eu – “Quero saber quem vai me ajudar a pagar [as dívidas]. Não posso vender minha casa. Onde está a fazenda e o gado que diziam que eu tinha? Nunca peguei dinheiro de ninguém”, desabafou.

O prefeito disse que foi bem recebido na prefeitura e que os funcionários são todos amigos dele.

Questionado sobre o futuro político, Artuzi afirmou que está à disposição da Justiça e a única preocupação dele no momento é de pagar as contas.

O então prefeito Ari Artuzi foi preso em setembro de 2010 acusado de chefiar um esquema gigante de fraude em licitações e pagamento de propinas. Ele ficou preso até o final do ano, quando renunciou ao cargo.