Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 27 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Assentamento quer se tornar o 80º município de Mato Grosso do Sul

Embora os moradores acreditem no potencial do assentamento para ser município, isso depende de alguns trâmites.

Midiamax

29 de Novembro de 2012 - 08:21

O Assentamento Itamarati, localizado na cidade de Ponta Porã, pode ser o 80º município de Mato Grosso do Sul. Essa, pelo menos, é a intenção dos moradores que somam mais de 15 mil e já encampam um movimento pró-crescimento e político como aconteceu com a Gleba Novo Horizonte do Sul, formada por lotes cedidos pelo Incra, que posteriormente por sua importância sócio-econômica foi emancipada município em abril de 1992.

Embora os moradores acreditem no potencial do assentamento para ser município, isso depende de alguns trâmites. Primeiro é preciso que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) dê a titularidade (escritura) das terras para os assentados. Depois a cidade de Ponta Porã tem que aceita-lo, já que na condição de assentamento as terras são de fato da União. O próximo passo é aprovação na Assembleia Legislativa para elevá-lo a categoria de município.

De acordo com levantamento do Incra, são 15.867 moradores e um núcleo urbano de 80 hectares. Lá, a dedicação maior é na produção de cereais, especialmente soja, milho e feijão, que 2011/2012 foi fechada com 72.900.000 quilos desses produtos.

Fazendo contas da produção, conforme o Incra, Itamarati seria o 38º município, entre os 79 existentes. É importante salientar que a população do assentamento é superior, por exemplo, aos mais recentes municípios criados: Figueirão (2.936 habitantes) e Paraíso das Águas (5.200 moradores).

O núcleo urbano do assentamento, que fica a quase 50 km da sede de Ponta Porã , são130 edificações destinadas ao comércio onde pode-se encontrar de tudo: farmácias, supermercados, lanchonetes, padarias, escritórios de contabilidade, hotéis, lojas de materiais de construção, clinica dentária, ótica, escritório de advocacia, lan-house, loja de móveis, veterinárias, oficinas mecânicas para carros, motos e tratores, restaurantes, igrejas, loja de confecções, autopeças, Correio, escolas de informática, distribuidora de gás, serralheria, salão de beleza, clube de recreação, jornal semanário.

A Escola Estadual Nova Itamarati estão matriculados 1.820 alunos este ano. É o maior número de alunos matriculados nua escola pública no estado. No assentamento ainda há outras quatro escolas públicas, sendo três estaduais e duas municipais, totalizando 3.500 alunos. A saúde pública conta com quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS). Além da rotina normal, as UBS realizam atendimentos especializados, entre os quais visitas domiciliares a acamados, idosos e monitoramento de hipertensos e diabéticos. Silvio Santana

Inaugurado em 2002, o assentamento foi instalado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na fazenda de Olacyr de Moraes, que na década de 80 recebeu o título de rei da soja, por ser o maior produtor individual do grão no mundo. (Com informações do Incra).