Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Sidrolandia

Atraídos pela culinária oriental, sidrolandenses lotam panificadora em dia de inauguração

Em inauguração concorrida, muitos clientes não quiseram aguardar a longa fila de espera e foram embora.

Marcos Tomé/Região News

07 de Dezembro de 2015 - 07:41

Apesar do mau tempo com registro de forte pancada de chuva no inicio da noite deste domingo, os sidrolandenses lotam os três ambientes gourmets da panificadora Com Amor, empresa que inicia suas atividades na cidade com uma filosofia um pouco diferente dos concorrentes em se tratando de atendimento.

Programada para abrir as portas no sábado (05), o empresário Fernando Miranda conta que resolveu adiar para o domingo devido às condições climáticas desfavoráveis. “Choveu muito, isto dificultou um pouco”, revela. Em inauguração concorrida, muitos clientes não quiseram aguardar a longa fila de espera e foram embora.

“Não esperávamos tanta gente, fomos pegos de surpresa”, conta a funcionaria Sandra Cratiu, a quem coube a missão de organizar a entrada e saída dos clientes. Ao todo foram servidos mais de 160 rodízios, além de uma grande variedade de pratos quentes, à la carte  e drinks. “Estou muito feliz com o carinho das pessoas e principalmente, com a hospitalidade”, comenta Fernando.

Ele conta que a empresa deve gerar cerca de 32 novos empregos na cidade, isto porque, além da culinária oriental, vai servir diariamente café da manhã e almoço. “Em principio faremos um estudo para avaliar a aceitação de nossos pratos. Aqui o cliente é quem vai ditar as regras. Por exemplo, se você quiser saborear um prato que não esta em nosso menu, basta solicitar com um dia de antecedência que iremos preparar exclusivamente”, explica o empresário.

Foto: Paula Lucia/Região News

Atraídos pela culinária oriental, sidrolandenses lotam panificadora em dia de inauguração

O prefeito Ari Basso, acompanhado da primeira-dama Marlene Basso, prestigiou a inauguração do novo empreendimento. O diretor de Planejamento, Geraldo Santos, também compareceu para parabenizar o empresário. Ele estava acompanhado da esposa, Eva Maria. Muitos profissionais liberais, empresários, agentes políticos e até curiosos, passaram pelo local.

Atraídos pela culinária oriental, sidrolandenses lotam panificadora em dia de inauguraçãoPara a estudante Débora Morikawa, de 17 anos, Sidrolândia já comporta um restaurante com este perfil. “Achei muito bom. O sushi, sashimi, a torta de chiffon, tudo estava muito gostoso”. Ela estava acompanhada de um casal de amigos que levava para casa o que “sobrou” do jantar. “Vem na mesa num prato um exemplar de cada sushi que eles servem, como não conseguimos comer tudo, estou levando para minha mãe a sobra”, conta a jovem que afirma ser um diferencial, porque sempre vai a Campo Grande para comer sushi, onde não é permitido levar para casa.

Cada rodizio completo custa R$ 48,90, praticamente o mesmo valor praticado na capital, porém, com algumas diferenças, como por exemplo, o incremento de algumas massas como rondelli, lasanha entre outras. “Muitos ainda estão descobrindo a culinária oriental, por esta razão, a diversidade de pratos”, argumentou Fernando Miranda.

De quarta a domingo haverá música ao vivo com artistas pratas da casa. Aos sábados, feijoada com pagode ao meio dia. Café da manhã e almoço (self service) todos os dias.