Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Atropelado no Bairro Nova Lima em Campo Grande, jovem de 21 anos tem perna amputada

A PM foi acionada e Renato, assim como um amigo, identificado como José Ronaldo, foram presos e encaminhados para a Depac

Campo Grande News

25 de Agosto de 2014 - 14:06

Edmar Alexandre Santos de Souza, 21 anos, atropelado na madrugada de ontem (24), no bairro Nova Lima, em Campo Grande, teve a perna esquerda amputada em decorrência do acidente. A prima dele, Camila Souza da Silva, 24 anos, afirmou que o estado de saúde dele é delicado, mas o rapaz não corre risco de morte.

A vítima era passageira de uma moto pilotada Jackson Hugo da Silva Peixoto, 20 anos, que não se feriu no acidente. O veículo foi atingido por carro Fiat Uno, dirigido por José Renato Domingues Dutra, 37. O caso está investigado pela Polícia já que há suspeita de que o atropelamento tenha sido intencional.

Segundo Camila, José Renato queria atropelar os dois ocupantes da moto. "Ele perseguiu meu primo, a intenção dele era matar meu primo”, disse. O atropelamento aconteceu depois de uma briga que Renato teve com Vicente Reinaldo Peixoto, 52, pai de Jackson.

Renato queria reatar um relacionamento com uma mulher identificada como Elizabeth, ex-esposa de Vicente. Os dois homens acabaram se desentendendo por cauda da mulher. Segundo parentes, após a discussão, Renato foi embora de carro dizendo que voltaria com uma arma para "acertar as contas".

Preocupado, Vicente ligou para o filho Jackson para lhe alertar sobre o episódio. Jackson e o amigo subiram na moto e foram em busca de Renato. No entanto, ainda segundo familiares, no meio do caminho Renato encontrou com os dois rapazes e começou uma perseguição por quatro quadras do bairro, até conseguir atropelá-los.

A PM foi acionada e Renato, assim como um amigo, identificado como José Ronaldo, foram presos e encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).