Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 5 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Aumentam registros de ferrugem asiática em MS, diz Famasul

A safra de soja sul-mato-grossense atingiu nesta terça-feira (28) 4,5%, o equivalente a 99 mil hectares dos 2,2 milhões dedicados à cultura.

Campo Grande News

31 de Janeiro de 2014 - 09:00

Enquanto a colheita da safra 2013/14 de soja avança, aumentam as ocorrências da doença ferrugem asiática em Mato Grosso do Sul. O relatório do Consórcio Antiferrugem, parceria público-privada com levantamento técnico da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), aponta 19 ocorrências de ferrugem asiática em Chapadão do Sul, dois em Costa Rica, um em Maracaju e outro em Dourados, elevando os registros de 6 para 23.

O analista técnico da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Lucas Galvan, destaca que já é habitual a incidências de alguns casos de ferrugem, favorecidos pelo aumento do volume de chuvas e, consequentemente, elevação da umidade. Na safra passada foram registrados 32 casos da doença no Estado. “Com o calor habitual da época cria-se o ambiente ideal para o desenvolvimento do fungo causador da ferrugem asiática,” informa Galvan.

O novo presidente da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS), Maurício Saito, reforça que a melhor forma de evitar a doença nos próximos ciclos é o monitoramento constante das lavouras e o cumprimento do vazio sanitário, período em que os agricultores deixam de plantar para inibir o aparecimento de pragas e doenças. “O vazio sanitário deve ser cumprido com seriedade e o monitoramento das lavouras tem de fazer parte da rotina do agricultor, a ponto de que ele identifique a doença e a elimine em tempo hábil”, recomenda. Na avaliação do dirigente, o produtor rural sul-mato-grossense tem se mostrado atento e hábil no controle de pragas e doenças da lavoura.

Foram registradas 224 ocorrências da ferrugem asiática no Brasil, com maior incidência em Goiás (84), seguido de Rio Grande do Sul (40), Paraná (31), Mato Grosso (24) e Mato Grosso do Sul (23). A safra de soja sul-mato-grossense atingiu nesta terça-feira (28) 4,5%, o equivalente a 99 mil hectares dos 2,2 milhões dedicados à cultura.