Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 24 de Julho de 2024

Sidrolandia

Australiano é expulso do Tour de France por agredir adversário

Todos poderiam cair e isso não pode ser aceito", afirmou Jean-François Pescheux, diretor da corrida.

EFE

15 de Julho de 2010 - 15:33

O australiano Mark Renshaw, da HTC Columbia, foi expulso do Tour de France por ter dado três cabeçadas em um adversário e fechar a trajetória de outro no final da etapa de hoje, a 11ª da competição, entre as cidades francesas de Sisteron e Bourg-lès-Valence.

"Só precisamos ver as imagens uma vez. Estamos no ciclismo, não em um combate. Todos poderiam cair e isso não pode ser aceito", afirmou Jean-François Pescheux, diretor da corrida.

Último lançador do britânico Mark Cavendish, também da HTC Columbia, Renshaw deu três cabeçadas no neozelandês Julian Dean, da Garmin Transitions, que trabalhava na chegada para seu companheiro americano Tyler Farrar. Em seguida, fechou o próprio Farrar.

Cavendish venceu a etapa de hoje, seguido pelo italiano Alessandro Petacchi, da Lampre, e o americano Tyler Farrar, da Garmin Transitions.

O luxemburguês Andy Schleck, da Saxo Bank, continua na liderança da classificação geral, à frente dos espanhóis Alberto Contador, da Astana, e Samuel Sánchez, da Euskaltel-Euskadi.

O Tour de France continua amanhã com sua 12ª etapa entre as cidades de Bourg-de-Péage e Mende (210,5 km).