Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 26 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Banco do Brasil disponibiliza linha de crédito BB Giro Empresa Flex – Agro em Sidrolândia

O empresário Volmar Vieira da empresa Central Agronegócios já assinou o contrato para liberação imediata da linha de credito.

Franciane Trindade/Região News

28 de Novembro de 2012 - 15:15

O Banco do Brasil de Sidrolândia realizou nesta quarta-feira (28) o lançamento da linha de crédito BB Giro Empresa Flex - Agro, solução que tem como finalidade o apoio financeiro à empresas da Cadeia de Agronegócios, na forma de financiamento de capital de giro.

O evento aconteceu no Banco do Brasil com a participação de empresários do segmento agropecuário, esteve presente o Presidente da AMAS (Associação Sul Mato-grossense de Supermercados) Acelino Cristaldo e o Presidente da Associação Empresarial de Sidrolândia (AESIDRO) José Carlos Barbosa.

O Gerente Geral da Agência, Nelson Vieira explanou na reunião as vantagens da linha de crédito BB Giro Empresa Flex–Agro juntamente com a Gerente de Pessoa Jurídica da agencia Janeane Nunes.

O empresário Volmar Vieira da empresa Central Agronegócios já assinou o contrato para liberação imediata da linha de credito.

Sobre a linha de crédito BB Giro Empresa Flex – Agro

O Banco do Brasil reduziu as taxas de juros da linha de crédito BB Giro Empresa Flex Agro, direcionada ao atendimento das necessidades de capital de giro das empresas que atuam na cadeia produtiva do agronegócio. As operações podem ser contratadas com juros a partir de 0,898% ao mês.

O público-alvo da linha é composto por empresas com faturamento acima de R$ 1 milhão e 3 anos de atividade e também empresas com R$ 2,4 milhões de faturamento com pelo menos 1 ano de atividade. O limite do empréstimo é calculado com base na performance da empresa verificada nos últimos 12 meses.

A empresa pode definir o cronograma para pagamento das parcelas de acordo com o seu fluxo de caixa: mensal, bimestral, trimestral, quadrimestral, semestral ou cronograma livre. O valor das parcelas também é flexível, podendo ser iguais ou variáveis, e os valores pagos podem ser reutilizados.

Além da modalidade destinada ao agronegócio, o BB Giro Empresa Flex dispõe de outras com finalidades específicas, como o apoio aos exportadores, no qual não há incidência de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) nas liberações de crédito; e a antecipação de valores aos fornecedores de governos das esferas federal, estadual e municipal.

Ao final do primeiro semestre de 2012, o saldo das operações de BB Giro Empresa Flex atingiu R$ 16,2 bilhões, representando 21,5% da carteira de crédito do BB com as micro e pequenas empresas. Naquela data, havia 217,2 mil contratos formalizados.

A linha é priorizada na estratégia BOMPRATODOS. Somente no período de 12 de abril a 30 de junho de 2012, os desembolsos no BB Giro Empresa Flex somaram R$ 5,9 bilhões (51,5% acima da média diária antes do BOMPRATODOS).