Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 28 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Bebê que dorme com pais na mesma cama corre riscos, diz médico

O pediatra Virgílio Gonçalves afirma que o hábito de dormir com os pais não faz bem para os filhos, independentemente da idade das crianças.

G1 MS

15 de Julho de 2013 - 11:00

A polícia investiga a morte de um bebê enquanto dormia com os pais na mesma cama, em Campo Grande. O recém-nascido tinha dez dias, e não há indícios de agressão ou violência contra a criança. Os pais devem estar alertas sobre os riscos de levar os bebês para dormir na mesma cama.

O pediatra Virgílio Gonçalves afirma que o hábito de dormir com os pais não faz bem para os filhos, independentemente da idade das crianças. Enquanto elas ainda têm menos de dez meses de vida, o perigo é maior, pois há riscos de sufocamento, lesão ou fratura durante o sono.

O médico sugere a adoção de alguns cuidados no berço, como o uso de lençol com elástico para que ele fique bem esticado e o bebê não consiga puxá-lo ou se sufocar nas dobras do tecido. Não usar travesseiro nem deixar, brinquedos ou bichinhos de pelúcia dentro do berço também são dicas importantes.

Para crianças maiores, não há risco de sufocamento, mesmo assim isso não é indicado, pois segundo o pediatra, os filhos acabam crescendo inseguros. Para quem já acostumou o filho a dormir na cama dos pais, a saída é tentar mudar esse hábito, levando a criança ao seu próprio quarto. Isso exige paciência, mas pode evitar outros problemas no futuro.