Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Beto Teles faz solicitação durante audiência pública realizada na capital

Representando Sidrolândia, Beto Teles presidente municipal do PTdoB discursou no plenário da assembléia

Franciane Trindade/Região News

12 de Maio de 2011 - 16:00

Beto Teles faz solicitação durante audiência pública realizada na capital
Beto Teles faz solicita

Em audiência pública proposta pela deputada Mara Caseiro do PTdoB, onde o tema era “Consciência jovem – Segurança nas escolas de MS” foram discutidas ideias que possam contribuir para melhorar o ensino nas escolas estaduais do nosso estado.

 

Foram convidadas várias autoridades para o evento, juízes, promotores da Vara da infância e juventude, psicólogos, membros das secretarias de educação e assistência social, professores, coordenadores e diretores das escolas estaduais de todo estado.

 

Sidrolândia esteve presente com a comunidade escolar da Escola Estadual Sidrônio Antunes de Andrade bem como o vereador professor Tadeu (PMDB). O promotor da 27ª Vara da infância e juventude de Campo Grande, Dr. Sérgio Harfouche fez uma palestra sobre polêmicos temas que abrange o processo ensino aprendizagem e a vida dos jovens atualmente.

 

Representando Sidrolândia, Beto Teles presidente municipal do PTdoB discursou no plenário da assembléia solicitando a secretária adjunta de educação do estado, Professora Cheila Cristina Vendrami mais agentes patrimoniais durante os períodos de aula, a fim de inibir a violência dentro das escolas e um terço de planejamento para os professores, com o objetivo de melhorar a qualidade das aulas dos mesmos.

 

“O governador do estado tem aumentado a autoestima de nossos alunos, já fez muito, mas precisamos aumentar o efetivo dos agentes patrimoniais, coloca–lós em atividade nos horários de aula, já que os mesmos só ficam cuidando a escola no período sem expediente, isso inibirá a violência dentro das escolas. Nós professores, necessitamos do nosso um terço de planejamento já aprovado no STF, com isso planejaremos melhor nossas aulas e o aluno quem ganha”. Disse Beto Teles