Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 3 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Campanha estimula acesso ao rádio e à TV por celular

Segundo dados da Anatel, existem no Brasil 265,7 milhões de celulares, o que corresponde a 134,35 aparelhos para cada 100 habitantes

Agência Brasil

22 de Julho de 2013 - 16:19

Com o slogan “Rádio e TV ao alcance da sua mão”, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) lançou hoje (22), nas redes sociais, uma campanha para estimular o acesso das pessoas à programação do rádio e da TV aberta pelo celular, principalmente em grandes eventos, como a visita do papa Francisco ao Brasil.

De acordo com o presidente da Abert, Daniel Slaviero, o objetivo é atingir os participantes da Jornada Mundial da Juventude, estimado em 2 milhões de pessoas, levando-as a captar em seus aparelhos, sem passar pela internet, o sinal de rádio e TV que está no ar. A jornada começa amanhã (23) e vai até domingo (28).

"Em grandes eventos, as redes de telefonia não suportam a sobrecarga de dados e a comunicação via celular fica difícil", disse Slaviero. "Por isso, o rádio e a TV tornam-se os maiores aliados de quem precisa de informação instantânea, graças a essa possibilidade. Daí, nossa intenção de estimular o acesso ao conteúdo da programação de rádio e TV, aproveitando a funcionalidade do celular”, acrescentou.

Segundo dados da Anatel, existem no Brasil 265,7 milhões de celulares, o que corresponde a 134,35 aparelhos para cada 100 habitantes. De acordo com Slaviero, estima-se que 60% dos aparelhos tenham rádio FM e mais de 5%, TV digital, o que torna possível o acesso à programação das emissoras, “apenas com ajuste no menu”.

A campanha vai durar 15 dias e é a primeira de uma série que a entidade promoverá aproveitando grandes eventos, como a visita do papa, a Copa do Mundo, as eleições e os Jogos Olímpicos, como forma de incentivar as pessoas a usar o celular para ter acesso ao rádio e a TV. “Assim, soma-se a mobilidade à informação rápida e de qualidade, sem pagar nada por isso”, resumiu Slaviero.

Com peças criadas para o Facebook, a campanha orienta como ter acesso à programação do rádio e da televisão aberta pelo celular – e sem custo – e informa sobre modelos e marcas de aparelhos habilitados para o serviço. Depois da fase exclusiva nas redes sociais, a Abert poderá recorrer às mídias tradicionais para divulgação da campanha no rádio e na televisão.