Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Campo Grande recebe feira que percorre principais pólos pecuários do país

Circuito ExpoCorte, evento que percorre os principais centros pecuários do Brasil

Campo Grande News

30 de Julho de 2014 - 14:13

Mato Grosso do Sul tem os pecuaristas mais jovens do país. A informação é do médico veterinário Moacyr Seródio, coordenador do Circuito ExpoCorte, evento que percorre os principais centros pecuários do Brasil. Hoje e amanhã, estandes apresentam recursos inovadores para ampliar o ganho do pecuarista, além de auxiliá-lo nas várias etapas da produção de carne de qualidade.

A pouca idade dos empresários da pecuária não parece ser um fator negativo para o Estado. "Mato Grosso do Sul é um dos maiores exportadores de carne do país e tem um dos melhores programas de melhoramento de gado do Brasil", afirma Seródio. "Além disso, os principais experimentos da área de corte são feitos aqui. Se você quer falar sobre tecnologia, tem que conversar sobre isso no Mato Grosso do Sul", completa.

São justamente as novidades tecnológicas que atraem o maior número de produtores rurais à feira, que já passou pelo Mato Grosso e, até o final do ano, acontecerá também em Rondônia, Tocantins e Minas Gerais. Em MS, a pecuária de corte, responsável pela produção de carne para consumo humano, é uma das principais alavancas da economia do Estado.

Segundo dados da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), MS abateu 4,1 milhões de animais no ano passado, colocando o Estado no segundo lugar em abate de bovinos do Brasil. Além disso, possui o quarto maior rebanho bovino do país, com quase 22 milhões de cabeças.

Para Eduardo Riedel, presidente da Famasul, feiras como essa são iniciativas importantes para a expansão da produção rural. "Buscamos sempre tirar o produtor rural da zona de conforto, trazendo um novo questionamento, uma visão de futuro; e a ExpoCorte tem excelência no que ela oferece, como as palestras, o conhecimento e a sensibilidade em relação aos temas necessários e pedidos pelo produtor rural", conta.

"Quando você concilia uma produção de animais em volume e escala com um processamento também de qualidade, você obtém um produto extremamente procurado pelo mercado. Isso explica os resultados positivos que temos no MS", conclui.

O evento vai até amanhã (31), no Centro de Convenções Albano Franco.