Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 1 de Março de 2021

Sidrolandia

Casamento simbólico é celebrado com doação de sangue

A cerimônia inusitada foi celebrada neste sábado com um dia de doação de sangue nas duas capitais, que foi chamado de Casamento Vermelho

Agência Brasil

29 de Setembro de 2014 - 14:04

O que era apenas uma brincadeira nas redes sociais das prefeituras de Curitiba e do Rio resultou em uma campanha séria, mas divertida. Com identidades parecidas nos perfis na internet, as prefeituras resolveram se casar virtualmente, após Curitiba aceitar o pedido de casamento feito pelo Rio de Janeiro.

A cerimônia inusitada foi celebrada neste sábado com um dia de doação de sangue nas duas capitais, que foi chamado de Casamento Vermelho. Em Curitiba, foram cinco postos de coleta e os convidados para a festa compareceram em peso. O biomédico do Hemobanco da capital paranaense, Wallyd Koury, comemora o resultado. 

Ele conta que muitos curitibanos doaram sangue e depois postaram as fotos nas redes sociais, mostrando que participaram do enlace. No Rio, foi o casamento vermelho que levou o bombeiro militar Cleber Aleixo, já doador frequente, a ir até o Hemorio neste sábado e também a convencer mais três colegas a fazerem o mesmo.

Assim como nos postos de coleta em Curitiba, o movimento também foi maior no Hemorio no dia do casamento vermelho. O comparecimento de doadores cresceu cerca de 30 por cento em comparação a outros sábados.