Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Maio de 2021

Sidrolandia

CCR MSVia espera pico de 5,7 mil veículos por hora na BR-163 no Estado

As viaturas estarão operando a partir de 17 bases operacionais do SAU instaladas, em média, a cada 50 km de distância umas das outras por toda a BR-163.

Campo Grande News

30 de Dezembro de 2016 - 08:03

A CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163 em Mato Grosso do Sul, espera que até 5,7 mil veículos por hora transitem pela rodovia nos horários de pico, no trecho entre Sonora - extremo norte do Estado - e Mundo Novo - extremo sul. De acordo com a empresa, a previsão é que o fluxo já aumente nesta sexta-feira (30).

Entre 10h e 12h, a expectativa é que passem pela rodovia 3,5 mil veículos por hora, subindo para 3,6 mil entre 16h e 19h. A média para sábado (31) deve ser menor, chegando a 1,9 mil por hora entre 10h e 13h, e 1,8 mil entre 15h e 18h.

Porém, segundo o SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário), a maior preocupação é com o retorno das festas. já que para segunda-feira (2 de janeiro), a previsão é de que 5,4 mil veículos por hora trafeguem na BR-163 em Mato Grosso do Sul, entre 10h e 13h, enquanto que das 17h às 20h, o fluxo pode chegar a 5,7 mil em média.

Diante de tamanha demanda, será montado uma operação especial com 12 ambulâncias-resgate, cinco unidades móveis de terapia intensiva (UTIs), 4 viaturas de intervenção rápida, oito guinchos pesados, 17 guinchos leves, 19 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço.

As viaturas estarão operando a partir de 17 bases operacionais do SAU instaladas, em média, a cada 50 km de distância umas das outras por toda a BR-163. O atendimento nas bases e por meio das viaturas será realizado por cerca de 500 funcionários, que vão se revezar a cada 24h.

Além disso, foram suspensas as execuções de obras com interrupção do tráfego nesta sexta-feira e também na segunda-feira, durante todo o dia. O tráfego de cargas especiais também ficará suspenso no sábado, das 14h às 22h. Para monitorar o fluxo, serão usadas mais de 300 câmeras instaladas na rodovia.

As tarifas básicas nos pedágios variam de R$ 4,60 a R$ 7,40, sendo que veículos comerciais pagam por eixo. O pagamento nas praças de pedágio deve ser feito por meio de dinheiro ou cheque. Nos postos de cobrança não são aceitos cartões de débito ou cartões de crédito.