Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Chuva em MS é destaque na imprensa nacional

Mais de 60 mil pessoas foram afetadas, segundo a Defesa Civil. Há milhares de desabrigados e desalojados

Dourados News

10 de Março de 2011 - 09:34

No portal G1, fotos das cidades atingidas pelos 15 dias de chuvas na região norte de Mato Grosso do Sul é um dos detaque do jornal.

No portal é enfatizado as 13 cidades que estão em situações críticas, segundo informações da Defesa Civil nesta quarta-feira (9). Cortadas por rios, as cidades têm inundações em bairros, comunidades isoladas por quedas de pontes e estradas rurais danificadas.

Mais de 60 mil pessoas foram afetadas, segundo a Defesa Civil. Há milhares de desabrigados e desalojados. Os dados estão sendo contabilizados, de acordo com os bombeiros. Dos afetados, 39 mil são do município de Paranaíba, onde as chuvas danificaram o sistema de abastecimento de água desde domingo (6). Não há registro de mortos ou feridos, segundo os Bombeiros.

Das 13 cidades, quatro planejam decretar estado de emergência, de acordo com a Defesa Civil. São elas: Aquidauana, Anastácio, Coxim e Paranaíba. As cidades de Dois Irmãos do Buriti, Rio Verde, Bandeirantes, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia também estudam a possibilidade. As outras cidades mais atingidas são: Miranda, Corumbá, Ribas do Rio Pardo e Camapuã. O nível dos rios está bastante acima do normal na região. Em Aquidauana, o rio de mesmo nome subiu de três metros para 10,5 metros.

Já no site da Folha de São Paulo, um entrevista com o prefeito José Garcia de Freitas de Paranaíba conta que  o excesso de chuva danificou pontes nas áreas urbana e rural, inundou diversas ruas, causou rachaduras em diversas casas. Houve transbordamento dos rios Santana, Barreiro, Córrego Fazendinha e Córrego Cachoeira. No total, 20 famílias estão desabrigadas.