Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Chuvas irregulares comprometem desenvolvimento do milho e soja em Chapadão

Apesar da alta tecnologia utilizada nas sementes, Borgelt ressalta que a resistência das pragas está aumentando, assim como os gastos do produtor com os tratos culturais das lavouras.

Agora MS

30 de Novembro de 2012 - 09:43

No município de Chapadão do Sul, chuvas de manga, com baixos volumes ou somente garoas comprometem desenvolvimento da soja. Primeiras lavouras, plantadas ainda no início de outubro podem ter perdas de até 10% da produção estimada.

Nesta temporada a soja irá ganhar áreas do algodão e milho no município, este último, também tem sofrido com a seca. Segundo o presidente do Sindicato Rural, Rudimar Borgelt, sem chuvas, a incidência da lagarta-do-cartucho e outras pragas tem aumentado nas plantas.

“Cerca de 25% das lavouras de milho já foram atacadas”, afirma.

Apesar da alta tecnologia utilizada nas sementes, Borgelt ressalta que a resistência das pragas está aumentando, assim como os gastos do produtor com os tratos culturais das lavouras.