Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Sidrolandia

Ciclista matou dono de carro para não pagar conserto após bater no veículo

Crime aconteceu em março.

Midiamax

30 de Novembro de 2016 - 10:21

Márcio Duarte de Oliveira, de 30 anos, foi preso pelo homicídio de Cleberson Fernandes Pinheiro, de 32 anos, crime que ocorreu em 20 de março deste ano no Nova Lima. Ele confessou que assassinou para não pagar uma dívida que tinha adquirido com a vítima, de R$ 30.

Segundo o delegado Weber Luciano de Medeiros, titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil e responsável pelas investigações do caso, Márcio fugiu para Nova Alvorada do Sul após cometer o crime. Ele ficou no município por quatro meses, se mudou para Rio Brilhante e foi preso no último dia 21.

Detido, Márcio confessou o crime e revelou a motivação. Segundo ele, no dia 20 ele estava alcoolizado e andava de bicicleta pelo Nova Lima, quando bateu no carro de Cleberson. Eles foram até o bar da vítima, na Avenida Marquês de Herval, conversaram e a vítima exigiu R$ 100 de Márcio, para o conserto do veículo.

Ainda conforme Márcio, ele tentou negociar, disse que não tinha dinheiro e Cleberson aceitou que ele pagasse R$ 30. Para garantir o pagamento, o proprietário do bar ficou com as compras que Márcio levava, enquanto este foi até a casa dizendo que buscaria o dinheiro.

Quando voltou, Márcio golpeou a vítima com uma facada no abdômen e fugiu. Ele disse que só esfaqueou porque passou a ser ameaçado e agredido por Cleberson. Nas outras cidades em que morou, ele se apresentava como Daniel Soares de Oliveira, por isso levou algum tempo até que fosse encontrado.

Ele responde pelo homicídio simples e foi encaminhado ao presídio.