Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 6 de Julho de 2022

Sidrolandia

Com 8 novos equipamentos, Sidrolândia passa a ter 30 resfriadores de uso comunitário

A distribuição dos equipamentos foi feita em comum acordo com a cooperativa de pequenos produtores

Flávio Paes/Região News

25 de Novembro de 2015 - 16:58

O fato do presidente da Agraer, Enelvo Felini, ser da cidade, pode ter sido um fator importante para que Sidrolândia recebesse 8 dos 43 resfriadores entregues ontem num evento com a participação do governador Reinaldo Azambuja.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Cezar Queiroz, com estes novos equipamentos, a cidade amplia em 8 mil litros sua capacidade de armazenagem da produção, facilitando a logística de recebimento do leite por parte dos laticínios que normalmente passam de três em três dias nos postos de captação. “Com isto o produtor tem a certeza de que não correr o risco de perca da venda, por conta da falta de resfriamento”, observa.

Com estes novos resfriadores, o município passa a ter 30 pontos de resfriamento do leite, considerando apenas os de uso comunitário. A distribuição dos equipamentos foi feita em comum acordo com a cooperativa de pequenos produtores. Os resfriadores serão instalados no João Batista; Jibóia; Eldorado (sede); Bolicho Seco; Estrela, São Pedro e João Batista. A bacia leiteira de Sidrolândia tem uma produção diária de 10 mil litros.

Em todo o Estado, foram  41 entidades beneficiadas, cooperativas e associações de pequenos produtores de leite, situadas nos seguintes municípios: Anastácio, Anaurilândia, Aquidauana, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Jaraguari, Juti, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Paranaíba, Rio Brilhante, Selvíria, Sidrolândia, Ponta Porã e Vicentina.

A previsão é de que outras 40 unidades sejam entregues já no início de 2016, segundo o governador Reinaldo Azambuja. “Isso aqui é o resgate de um contrato de 2012 que estava praticamente parado e com os esforços e a economia no processo licitatório será possível comprar outros 40 equipamentos para serem entregues em janeiro”, garantiu Reinaldo.

Em seu pronunciamento, o governador ainda frisou que os investimentos no Estado não se limitam aos convênios. “Ainda teremos quase R$ 20 milhões viabilizados para a Agraer através de emenda parlamentares. Dinheiro esse que será revertido em equipamentos e outras diversas ações para o fortalecimento da agricultura familiar que é hoje a responsável por grande parte dos alimentos que chegam a nossas casas”, disse.

Para o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, o repasse dos equipamentos deverá beneficiar centenas de famílias que fazem da ordenha a sua principal fonte de renda. “A pecuária leiteira é uma das principais atividades da agricultura familiar do Estado. Nossa estimativa é de fechar o convênio com 85 resfriadores comprados e entregues. Estamos satisfeitos com o apoio que recebemos do Mapa”, falou.

Apoio esse que só foi possível graças ao interesse e o esforço do Governo do Estado junto ao Mapa, conforme declaração do superintendente da Agricultura (SFA – MAPA/MS), Celso Martins. “Esse projeto é de 2012, que o governo do Estado por intermédio da Agraer consiga resgatar os convênios. Então, estamos aqui tanto para comemorar como para reforçar essa ação de incentivo que é mais um salto para as atividades dos pequenos produtores. Aqui, reiteramos ao governador o compromisso da superintendência do Ministério em ações que sejam legítimas para o desenvolvimento da pecuária no Estado”, afirmou Celso.