Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 18 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Com 90% da obra concluída, Presidente da Sanesul diz que em 60 dias Estação de Tratamento de Esgoto estará pronta

Em 60 dias uma parcela da população de Sidrolândia terá acesso a tratamento de esgoto.

Marcos Tomé/Região News

24 de Março de 2014 - 10:10

Está prevista para o final do mês de junho a conclusão das obras da Estação de Tratamento de Esgoto no município de Sidrolândia. O presidente da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (SANESUL), José Carlos Barbosa, voltou à cidade na manhã desta segunda-feira (24/03), acompanhado de técnicos e engenheiros responsáveis pela obra para uma visita de avaliação.

“Barbosinha” foi acompanhado pelos vereadores; Waldemar Acosta, Edno Ribas, Ilson Peres, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Cezar Luiz Asmann, e do supervisor local da empresa de saneamento, Marcelo Piel. A recepção ao presidente da Sanesul se deu às 8h no escritório de trabalho da empresa, depois, saíram em comboio para visitar as obras.

Em 60 dias uma parcela da população de Sidrolândia terá acesso a tratamento de esgoto. Inicialmente serão 21.884 metros de rede coletora de esgoto e 650 ligações domiciliares com investimento previstos na ordem R$ 8,135 milhões. A Estação de Tratamento com capacidade de tratar 30 litros por segundo está sendo construída numa área de 25 hectares da Fazenda Nova. Só a compra da área custou R$ 425 mil.

A obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário da cidade abrange ainda seis quilômetros de coletor tronco, construção e ativação de uma estação elevatória e esgoto bruto, implantação de sistema de tratamento, com desarenador, caixa de areia, lagoa facultativa, lagoa de maturação e laboratório, execução de 1,3 quilômetros de emissário final, construção de caixa receptora de caminhão autofossa, entre outras intervenções.

Em entrevista ao Região News, José Carlos Barbosa se diz satisfeito com os resultados até aqui alcançados das obras que tem balizado dentro do cronograma de trabalho previsto. “Sinto-me feliz porque estamos concluindo esta etapa importante para Sidrolândia que trará grandes avanços na qualidade de vida das pessoas”, argumenta.

Para o vereador e presidente da Câmara Ilson Peres de Souza (PSDB), na medida em que a cidade se desenvolve os serviços públicos tem de avançar na mesma velocidade. Nem sempre é possível haver este alinhamento linear entre ação e desenvolvimento, por esta razão, parabenizou o esforço e empenho de “Barbosinha” na condução dos trabalhos.

Apesar da Estação de Tratamento de Esgoto ficar pronta em 60 dias, os domicílios, só serão interligados a rede coletora no mês de dezembro, quando estão previstas a conclusão das obras. “É um trabalho árduo, mas que gera resultados. Até o final do ano colocaremos em funcionamento a todo vapor esta unidade”, conclui José Carlos.