Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 30 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Com apoio do governo, voo da Azul entre Três Lagoas e Campinas já começa a operar

De acordo com o gerente de Assuntos de Infraestrutura da Azul, Caubi Batista de Souza, serão dois voos diários realizados pela companhia aérea.

Notícias MS

15 de Janeiro de 2014 - 13:57

Um novo itinerário de voos comerciais começa a operar no Aeroporto Municipal de Três Lagoas. Com a presença a governadora em exercício, Simone Tebet, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras realizou na manhã desta quarta-feira (15) o voo inaugural com destino ao aeroporto de Viracopos, localizado na cidade de Campinas, São Paulo.

As negociações para a rota entre Três Lagoas e Campinas iniciaram no ano de 2011 e para isto foram realizados estudos para concessão de benefícios fiscais e tributários, reduzindo a pauta de custos da linha aérea. Durante a inauguração,  Simone Tebet lembrou que há três anos esteve em São Paulo e numa conversa com a equipe da Azul foi informada de que pelo estudo de viabilidade a empresa aérea disse que nem em cinco anos seria possível garantir no município uma linha área.

“Conhecíamos a realidade da região da costa leste do Estado e tínhamos a certeza de que teríamos uma demanda de 50 a 70 passageiros diários e desta forma conseguimos trazer a Passaredo [companhia aérea] e depois a Azul. São quatro voos diários ao todo e para quem lá atrás disse que não caberia nenhum voo em cinco anos, na metade desse tempo já temos quatro voos diários. Isso mostra que nós conhecemos a realidade de Mato Grosso do Sul”, comentou Simone.

Como informou a governadora, a região apareceu numa grande rede de comunicação do Brasil através de um estudo feito pelo Instituto Cabral, um dos mais sérios do País, que mostrou que a costa leste,  com a região sudeste, são consideradas como um coração empresarial e comercial. “Com o voo que parte de São Paulo há uma integração de Mato Grosso do Sul ao mundo. O governador André Puccinelli sempre primou pelo desenvolvimento regional e é preciso desenvolver o Brasil pensando no interior”.

De acordo com a governadora em exercício, um dos pilares para a vinda da Azul para o Estado é a isenção do ICMS do querosene em 50% para qualquer linha área que faça pelo menos dois voos para o interior, além de Campo Grande. “No caso, a Azul já opera Dourados e agora Três Lagoas. Isso é uma forma de estímulo para trazer a linha e baratear o preço da passagem”, justificou Simone.

De acordo com o gerente de Assuntos de Infraestrutura da Azul, Caubi Batista de Souza, serão dois voos diários realizados pela companhia aérea. As passagens já estão disponíveis com tarifas a partir de R$ 103,90 (válida por trecho). “As expectativas são as melhores possíveis. E desde daquela época [ano de 2011] havia essa intenção de operar aqui, mas para que a empresa comece a operar com equipamento novo, algumas melhorias precisam ser feitas na infraestrutura. A malha precisa também estar conectada, então nessa época não tinha essa conectividade que justificasse a operação em Três Lagoas. Hoje estamos operando com muito gosto no município”, disse.

Para a compra de passagens os clientes já podem acessar o site oficial da companhia - www.voeazul.com.br. Os voos serão realizados com o turboélice – ATR 72-600 que terá capacidade para 70 passageiros. A Azul oferece ônibus gratuitos de 30 em 30 minutos entre o Aeroporto de Viracopos e diversos pontos da cidade de São Paulo.

Desenvolvimento e integração

No Aeroporto de Três Lagoas os dois voos diários vão obedecer os seguintes horários: 11h (saída de Três Lagoas aos sábados); 17h45 (saída de Três Lagoas às terças, quartas e quintas) e ainda 10h40 (saída de Três Lagoas exceto aos sábados e domingos). Já de Campinas o voo sai às 09h17 (exceto aos domingos) e ainda 16h02 (exceto aos sábados).

No voo inaugural desta quarta-feira, para comemorar o início das operações em seu 103º destino, a aeronove da companhia foi recebida com jatos d´água de uma viatura do Corpo dos Bombeiros. Sem saber que estava num voo inaugural, o engenheiro eletricista de uma subestação de energia que está se instalando em Três Lagoas Ricardo Thompson achou excelente ter uma rota exclusiva para o município. “Para nós foi excelente porque daqui vamos para Araçatuba (SP). Nosso empreendimento vai durar cerca de dois anos e vamos fazer várias viagens nesse período e será muito melhor do que chegar no aeroporto de Campo Grande e ter que vir de carro. Além disso, toda a divulgação turística acontece quando você vai a trabalho para qualquer cidade”, comentou.

Conforme a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, para o município que já atraiu muitas indústrias e ainda é procurado por muitos empresários e fornecedores é fundamental ter um itinerário que faz a integração com grandes cidades.

“Três Lagoas está no circuito das cidades que mais se desenvolvem no País e o Mato Grosso do Sul  desponta graças a uma parceria com o governo do Estado. Conseguimos a realidade da execução desse aeroporto e hoje com a chegada da Azul temos mais uma opção para o cidadão. É uma cidade que certamente precisava dessa logística”, justificou Márcia Moura.

  Azul Linhas Aéreas

A Azul, companhia aérea resultante da união entre a Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a Trip Linhas Aéreas, é a terceira maior companhia aérea do país. A empresa detém uma frota de 129 aeronaves, 896 voos diários, 103 destinos servidos e mais de 31% do total de decolagens do país.

A partir do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, a Azul oferece ainda 42 opções de destinos. São eles: Goiânia, Rio de Janeiro – Santos Dumont, São José do Rio Preto, Pampulha, Cascavel, Porto Alegre, Fortaleza, Brasília, Curitiba, Criciúma, Rio de Janeiro – Galeão, Londrina, Joinville, Maringá, Araçatuba, Araraquara, Ribeirão Preto, Marília, Bauru, Presidente Prudente, Aracaju, Juazeiro do Norte, Manaus, Petrolina, Natal, Teresina, Recife, Uberaba, Caxias do Sul, Chapecó, Salvador, Florianópolis, Cuiabá, Navegantes, João Pessoa, Macaé, Juiz de Fora, Maceió, Vitória, Uberlândia, Foz do Iguaçu e Ilhéus.

A solenidade contou com a presença do deputado federal Akira Otsubo, deputado estadual Eduardo Rocha e do secretário de Desenvolvimento Regional e dos Municípios, Nelson Trad Filho e do secretário de Obras Públicas, Edson Giroto.