Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 26 de Fevereiro de 2021

Sidrolandia

Com buzão cheio de autoridades, prefeito Ari Basso dá volta inaugural do Transporte Coletivo

Para quem for usar o Transporte Coletivo terá de desembolsar R$ 2,35, valor cobrado na venda do bilhete.

Marcos Tomé/Região News

01 de Outubro de 2014 - 07:40

O prefeito Ari Basso (PSDB), não só recepcionou as autoridades e convidados no inicio da noite desta terça-feira (30) no saguão do Paço Municipal, como deu uma volta pelas principais ruas e avenidas da cidade num dos ônibus do Transporte Coletivo, em ato simbólico a iniciação do serviço, após a assinatura do contrato administrativo resultante da Chamada Pública 02/2014, aberta no dia 29/09.

O contrato prevê permissão temporária e precária para exploração de serviços de transporte conforme normas da Lei Municipal Nº 1668/2014 o qual a empresa Vacaria Transporte e Turismo Ltda, apresentou tarifa de R$ 2,35. A empresa vai explorar o serviço por 12 meses.

Vereadores, secretários e empresários, prestigiaram o evento. Para Moacyr Almeida, dono da Vacaria, os primeiros 60 dias do funcionamento serão de ajustes. Grande parte das 14 linhas mapeadas inicialmente tem como finalidade atender a demanda dos trabalhadores do abatedouro da Seara/JBS e Incubatório.

“A Vacaria já atende a Seara há muitos anos. A efetivação do Transporte Coletivo esta surgindo porque há bom diálogo entre a direção da empresa alimentícia, Poder Público Municipal e a Vacaria. Estamos fazendo uma aposta em Sidrolândia com este novo formato. Acredito ser bom para as empresas sediadas em localidades mais distantes (as margens das rodovias), além de encurtar distancia para o usuário”, diz Moacyr.

Durante passeio que durou certa de 20 minutos, Ari Basso discutiu com o gerente geral da Seara/JBS, Rogério Rovani, o aumento na oferta de mão de obra da empresa que deve elevar o abate de aves em 17,64% até dezembro deste ano, saltando de 170 mil para 200 mil frangos dia. Estão sendo investidos cerca de R$ 16 milhões na ampliação da estrutura existente, além da abertura de 50 novos aviários.

Tarifa

Para quem for usar o Transporte Coletivo terá de desembolsar R$ 2,35, valor cobrado na venda do bilhete. Até agora, dois pontos de vendas foram confirmadas pela empresa Vacaria; o Auto Posto São Bento e a revenda autorizada da Vivo, ambos os estabelecimentos sediados nas proximidades do terminal rodoviário.