Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 30 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Com EJA no Catarina, prefeitura vai barrar 90 estudantes do transporte universitário

Com a exclusão dos alunos do EJA, a Prefeitura espera retirar dois dos 21 ônibus do transporte universitário.

Flávio Paes/Região News

13 de Julho de 2013 - 07:39

Os 90 alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos) que fazem o curso em Campo Grande, já a partir do reinício das aulas em agosto, não terão acesso ao transporte universitário que é oferecido gratuitamente. 

Para que eles não sejam forçados a abandonar seus estudos, eles terão como alternativa, estudar na Escola Catarina de Abreu, onde serão abertas turmas noturnas na mesma modalidade do curso que é oferecido na Escola Padrão na Capital. 

O secretário de Administração, Kennedy Forgiarini não tem dúvidas sobre as vantagens de fazer o EJA em Sidrolândia: não vai pagar mensalidade de R$ 150,00, se livra do desgaste da viagem de ida e volta de segunda a sexta-feira a Campo Grande.

O estudante ainda terá a vantagem por ter feito o ensino médio numa escola estadual. Metade das vagas nas universidades públicas e reservada aos alunos da rede pública. Com a exclusão dos alunos do EJA, a Prefeitura espera retirar dois dos 21 ônibus do transporte universitário.